Menu
Busca sábado, 08 de agosto de 2020
Busca
(67) 99826-0686
Campo Grande
31ºmax
17ºmin
Notícias

Turismo rural: Seprotur prevê novos investimentos turísticos a partir da estrada Bodoquena-Bonito

16 setembro 2009 - 21h23Por Ass. Imprensa da Seprotur/Alex Loyola
Turismo rural: Seprotur prevê novos investimentos turísticos a partir da estrada Bodoquena-Bonito

Implantação da rodovia MS-178, que liga os municípios de Bodoquena a Bonito, além de beneficiar diretamente cerca de 50 mil moradores permanentes, 208 mil residentes no entorno - abrangendo os municípios da região pantaneira – e indiretamente 80 mil turistas ao ano, o projeto deverá atrair novos investimentos turísticos ao Mato Grosso do Sul.

A avaliação é da Secretária de Desenvolvimento Agrário, da Produção da Indústria, do Comércio e do Turismo (Seprotur), Tereza Cristina Corrêa da Costa Dias. De acordo com a Secretária Tereza Cristina Correa da Costa, o projeto abrirá as portas para novos investidores com interesse econômico as margens da MS-178, principalmente aquelas voltadas a atividade econômica do turismo. “Acreditamos que este projeto vai atrair novas fontes de emprego e renda para esta região, diminuindo os desníveis sociais, melhorando o Índice de Desenvolvimento Humano (IDH), e a renda desta população”, estimou.

Tereza ressalta que o Governo do Estado, através da Agência Estadual de Gestão de Empreendimentos (Agesul), já publicou no Diário Oficial do Estado – no último dia três de setembro – o aviso de licitação para a implantação e pavimentação dos trechos I e III da obra, respectivamente de 17 e 9 quilômetros, e os 43,52 quilômetros restantes para a pavimentação da obra, serão concluídos após assinatura do contrato de empréstimo junto ao Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID). “Para consolidação do empréstimo, o Estado já conta com sua Carta Consulta aprovada pelo Ministério do Planejamento, e está concluindo o processo licitatório para Elaboração dos Planos de Desenvolvimento Integrado do Turismo Sustentável (PDITS)”, explicou.

Sobre os investimentos, Tereza informou que os recursos dos dois primeiros trechos serão disponibilizados por meio de convênio com o Ministério do Turismo, Agesul, Governo do Estado, Secretaria Estadual de Obras Públicas e de Transportes, e Seprotur. Tereza pontua que a contrapartida estadual foi antecipada por meio do Programa de Desenvolvimento do Turismo do Estado de Mato Grosso do Sul (Prodetur/MS).

Meio Ambiente

A secretária destacou ainda a elaboração e implantação do Plano Básico Ambiental para a pavimentação da rodovia, assegurou um modo sustentável de uso e ocupação adequada do solo, evitando erosões, assoreamentos e promovendo a conscientização dos habitantes e usuários sobre os impactos originados a partir do uso e ocupação no entorno. “Queremos garantir o desenvolvimento sustentável de toda a região, este é o objetivo primordial da rodovia MS-178”, conclui.

Pólo Turístico

De acordo com a carta consulta do (Prodetur/MS), encaminhada a Comissão de Financiamentos Externos (Cofiex) e ao BID, a pavimentação da MS/178, se constitui numa importante estratégia para o aumento da demanda turística no Estado. Sabe-se que o turista permanece em média 3,5 (três dias e meio) em Bonito e que a meta do Estado é que o mesmo permaneça 05 (cinco) dias no mínimo.

Desta forma, a meta poderá ser alcançada promovendo-se um roteiro integrado entre Bonito e o Pantanal e a rodovia MS/178 é a rota de ligação entre esses dois destinos o que demonstra sua importância para o desenvolvimento local, uma vez que encontra-se em fase de elaboração o Plano Estratégico de Turismo – PETUR e dentre as ações ali propostas, uma delas é a revitalização da Estrada Parque Pantanal que é uma importante rota de ligação de ecoturismo entre o Pólo Bonito-Serra da Bodoquena ao Pólo de Corumbá.