Menu
Busca segunda, 20 de maio de 2024
Busca
(67) 3345-4200
Campo Grande
Previsão do tempo
17º
DIVERSIFICAÇÃO

Produtor rural de Sidrolândia investe em produção integrada de peixes e hortaliças

Com propriedade rural no assentamento Alambri, Francisco recebe atendimento técnico e gerencial da ATeG Piscicultura

12 setembro 2022 - 08h11Por Famasul

Francisco dos Santos Velasques é produtor rural no município de Sidrolândia. Há 8 anos, ele deixou a vida de vendedor ambulante na Capital e se mudou com a família para o Assentamento Alambri para investir na agricultura familiar e, nesse tempo, se apaixonou pela piscicultura.

Com uma pequena produção de leites e ovos, Francisco Velasques resolveu investir na psicultura e, com a ajuda de amigos, cavou a mão o primeiro tanque da propriedade. A produção foi dando certo e o produtor rural resolveu investir.

Hoje, ele tem mais três tanques em funcionamento. “Como a gente já tinha os animais, a vaca, os porcos e as galinhas, resolvemos criar peixe também. Com muita dificuldade e ajuda dos amigos, abrimos o primeiro tanque, colocamos água, colocamos peixe e deu certo", recordou.

Segundo o produtor rural, com o que arrecadou no primeiro tanque, foi possível fazer outros dois. "Com os três tanques, nós estamos progredindo e ampliando a nossa área cultivada, plantando hortaliças", explicou.

Aos poucos, a família foi construindo sua própria renda e, com uma vendinha na frente de casa, o piscicultor resolveu produzir as próprias hortaliças para vender na região. "A água que irriga a horta vem dos tanques dos peixes. Tenho uma produção integrada", revelou.

Francisco Velasques completa que, para a irrigação da horta, usa uma bomba do tanque de piscicultura. "Temos os aspersores, ligamos lá e ela automaticamente irriga a horta para nós”, explicou.

Ter orientação técnica é primordial para o sucesso e o piscicultor conta com a ajuda da Assitência Técnica e Gerencial em Piscicultura do Senar/MS. “Tudo isso que a gente produziu aqui não foi sozinho, porque sozinho a gente não daria conta. Nós tivemos a ajuda do Senar, que está nos acompanhando e deu tudo certo", finalizou.