Menu
Busca sexta, 23 de outubro de 2020
Busca
(67) 3345-4200
Campo Grande
33ºmax
22ºmin
Notícias

Preço da carne em Campo Grande deve subir mais 15%

03 agosto 2010 - 00h00Por Correio do Estado.

Os preços da carne bovina subiram quase 15% nas últimas semanas em Campo Grande/MS por conta da estiagem, que reduziu a oferta de animais para o abate nos frigoríficos. E a tendência é que os aumentos não parem. Dados do Nepes (Núcleo de Estudos e Pesquisas Econômicas e Sociais da Uniderp-Anhanguera) revelam que o preço quilo do acém e da agulha, por exemplo, passou de R$ 7,22 para R$ 8,26, em média o que representa mais de 14%. Todos os 13 cortes pesquisados pela instituição tiveram aumento. "Estamos com uma seca mais grave que no ano passado, o que reduz a pastagem dos animais, diminuindo a oferta aos frigoríficos, enquanto a demanda ainda é a mesma. Podemos esperar para a outra metade do período de entressafra que ainda resta preços entre 10% e 15% maiores ao consumidor", afirmou o coordenador do Nepes, Celso Correia de Souza.