Menu
Busca sexta, 16 de abril de 2021
Busca
(67) 3345-4200
Campo Grande
32ºmax
20ºmin
Notícias

Pecuaristas querem mais incentivo para pequenos e médios frigoríficos

15 outubro 2010 - 11h06Por Canal Rural
Pecuaristas querem mais incentivo para pequenos e médios frigoríficos

 Representantes da pecuária devem fazer uma mobilização pedindo mais incentivos aos pequenos e médios frigoríficos. Mas isso deve ficar só para o ano que vem. A afirmação foi feita nesta quinta, dia 14, pelo presidente da Sociedade Rural Brasileira (SRB), Cesário Ramalho. A entidade realizou, em São Paulo, um debate sobre a indústria frigorífica. No encontro "A Concentração na Indústria de Carnes - Consequências e Desafios", realizado em São Paulo, os pecuaristas criticaram o Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES), dizendo que o banco só beneficia os grandes frigoríficos, e cobraram mais ação do governo no setor.

O encontro marcou o Dia Nacional da Pecuária. Em discussão as conseqüências e os desafios do setor de carnes diante do recente movimento de fusões e aquisições na indústria frigorífica. Segundo a Associação Brasileira de Frigoríficos (Abrafrigo), o Brasil possui 700 plantas em funcionamento - mais de 100 controladas pelos cinco maiores grupos do país. Estas companhias são responsáveis por 90% das exportações de carne bovina e por 35% do mercado interno.

Pecuaristas e pequenos e médios frigoríficos reclamam da concentração no mercado e criticam o BNDES que, segundo eles, só repassa recursos para grandes empresas, por empréstimos ou em troca de participação acionária.

Para o presidente do Fundo de Desenvolvimento Agropecuário de Goiás (Fundepec), Antônio Flávio, quanto menos concorrência no mercado, mais difícil vender o gado e receber mais por ele. Segundo Flávio, hoje o produtor não tem nenhuma garantia.

Durante o debate, o presidente da SRB anunciou que no ano que vem será realizada uma ação conjunta com diversos setores para solicitar ao governo investimentos nos pequenos e médios frigoríficos.