Menu
Busca sábado, 24 de outubro de 2020
Busca
(67) 3345-4200
Campo Grande
29ºmax
23ºmin
Notícias

Oito senadores de partidos da base do governo são favoráveis à CPMI do MST

22 outubro 2009 - 00h00Por Agência Brasil

Brasília - Dos 35 senadores que assinaram o requerimento para criação da Comissão Parlamentar Mista de Inquérito (CPMI) do Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra (MST) oito  são de partidos que foram a base de sustentação do governo no Senado. Entre os governistas que assinaram o documento, protocolado hoje (20) pela oposição, sete são do PMDB e um do PR.

Completam a lista, 12 nomes do DEM, 12 do PSDB e três do PTB. A CPMI pretende investigar, entre outros pontos, o repasse de recursos de organizações não governamentais ao MST.

Para que a comissão seja criada, será necessária que até a meia-noite de amanhã (21), dia em que o requerimento deve ser lido em sessão do Congresso, a assinatura de pelo menos 171 de deputados e de 27 senadores. Esta é a segunda vez que a oposição tenta criar a CPMI. Na primeira tentativa, há cerca de um mês, os governistas conseguiram convencer 42 deputados a retirarem os nomes do requerimento.