Menu
Busca segunda, 10 de agosto de 2020
Busca
(67) 99826-0686
Campo Grande
32ºmax
19ºmin
Notícias

MS é o quarto Estado que mais usa agrotóxico

17 dezembro 2010 - 00h00Por Rural News MS

Os Indicadores do Desenvolvimento Sustentável, divulgados pelo IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística) mostram que Mato Grosso do Sul, ao lado de Santa Catarina, é a quarta Unidade da Federação brasileira em uso de agrotóxicos por hectare plantado.

São 3,5 quilos aplicados por hectare, atrás apenas de São Paulo, com 7,6 kg/ha, Distrito Federal, 4,2kg/ha e do Mato Grosso, com 3,6kg/ha.

Com 3.095 milhões de hectares ocupados pelas principais culturas agrícolas – ano de referência é 2005 – Mato Grosso do Sul tinha no ano de avaliação a 8ª maior área agrícola do País, mas figurava como o 7º maior consumidor de agrotóxicos em números absolutos, 10.767 toneladas.

Os herbicidas eram os mais usados, totalizando 7.076 toneladas, 452,1 toneladas eram de fungicidas e 2.508 de inseticidas. Os pesquisadores alertam que os agrotóxicos podem ser persistentes, móveis e tóxicos no solo, na água e no ar.

O uso intensivo dos agrotóxicos está associado a agravos à saúde da população, tanto dos consumidores dos alimentos quanto dos trabalhadores que lidam diretamente com os produtos, e também à contaminação de alimentos e à degradação do meio ambiente.

Quanto aos fertilizantes, Mato Grosso do Sul apareceu como oitavo maior consumidor, totalizando 452.710 toneladas. São 139,6 kg por hectare, abaixo da média nacional, de 143,7 kg/ha. O potássio e fósforo são os mais utilizados.

Em análise, a pesquisa do IBGE ressalta que, embora elevem os índices de produtividade, atendendo às demandas do mercado, estão associados à eutrofização dos rios e lagos, à acidificação dos solos, à contaminação de aquíferos e reservatórios de água, à geração de gases associados ao efeito estufa e à destruição da camada de ozônio.

“O acompanhamento deste indicador permite avaliar tanto a evolução da produtividade agrícola do País quanto os riscos à qualidade da água de rios, lagos e aquíferos subterrâneos”, informa.

De uma superfície total de 35.712.496 hectares, Mato Grosso do Sul tem 30.274.975 em estabelecimentos agropecuários e 23.400.080 em uso, a maior parte pela pecuária, que tem 49% da área em pastagens plantadas e outros 20,6% em pastagens naturais.