Menu
Busca quinta, 25 de abril de 2024
Busca
(67) 3345-4200
Campo Grande
Previsão do tempo
30º
INOVAÇÃO

Mapa recebe delegação francesa para compartilhar iniciativas sobre ações inovadoras na agropecuária

Encontro foi realizado com o objetivo de debater possibilidades de parcerias de intercâmbio para inovação no agronegócio

04 abril 2024 - 08h34Por Mapa

O Ministério da Agricultura e Pecuária (Mapa) recebeu, na última semana, visita de delegação francesa composta por representantes do governo e de seis empresas de inovação e tecnologia que acompanharam o presidente da França, Emmanuel Macron, em agenda diplomática com o presidente Lula no Brasil. O encontro foi conduzido por representantes da Secretaria de Inovação, Desenvolvimento Sustentável, Irrigação e Cooperativismo (SDI) com o objetivo de apresentar as principais ações inovadoras da agropecuária brasileira, além de conhecer o trabalho desempenhado pelo governo francês e pela iniciativa privada daquele país.

A recepção foi realizada pelo diretor do Departamento de Apoio à Inovação para Agropecuária, Alessandro Cruvinel, que fez uma apresentação de projetos e programas desenvolvidos pela SDI e as iniciativas em sustentabilidade, como o Plano Floresta+Sustentável. Na sequência, o coordenador Marcus Coelho apresentou o Programa Nacional de Bioinsumos e o coordenador-geral de articulação para inovação, Cesar Teles, falou sobre a atuação na inovação do agro, no apoio às startups e no detalhamento da plataforma Mapa Conecta.

Cesar Teles avaliou que o encontro foi bastante produtivo e que, em breve, devem ocorrer outras rodadas para fortalecer uma possível parceria. “Eles acreditam que o Brasil pode ser um grande parceiro das tecnologias francesas, que são focadas principalmente, em empresas que aumentam a sustentabilidade agrícola. Um dos pontos importantes foi a apresentação da plataforma que chamamos de Mapa Conecta, voltada para dar visibilidade às startups brasileiras, atrair investidores, e conseguir que essas startups apresentem seus produtos e serviços inovadores para o agricultor. A nova plataforma abre um leque de possibilidades e parcerias de intercâmbio entre os dois países”, explicou.

Participaram representantes de empresas francesas de aproveitamento de resíduos da indústria de alimentos, de produção de feromônios (que resultam na redução da aplicação de agroquímicos) e de tecnologias para plantio de florestas. E, ainda, outras que utilizam resíduos da indústria cafeeira e da indústria florestal com o objetivo de usar a matéria-prima como substrato para diferentes tecnologias, como biochar e aço verde.