Menu
Busca quinta, 16 de setembro de 2021
Busca
(67) 3345-4200
Campo Grande
32ºmax
21ºmin
Notícias

Maggi diz que taxação do agronegócio em reforma da Previdência é 'loucura'

27 junho 2016 - 00h00Por Jornal O Estado de Minas

O ministro da Agricultura, Blairo Maggi, classificou como "uma loucura" e um "abraço de afogado" a ideia estudada pelo governo federal de taxar as vendas externas do agronegócio para financiar uma reforma da Previdência. "O setor da agricultura e da agroindústria é o que mais tem contribuído para a economia brasileira, para o equilíbrio das contas públicas e, portanto, penalizar quem está sendo eficiente é uma loucura, é um tipo de abraço de afogado", disse o ministro logo após audiência no Senado, na qual falou sobre as propostas para a pasta.

Maggi disse que desconhecia a proposta, revelada nesta quinta-feira,23, pelo jornal "O Estado de S. Paulo", e que o assunto não foi tratado na reunião que teve ontem com a cúpula do governo e com o presidente em exercício, Michel Temer (PMDB).

"Tivemos reunião com a equipe econômica ontem e esse assunto não me foi levado. Eu, obviamente, serei contra. Minha função como ministro da Agricultura é defender o agricultor, o setor agrícola", disse "Obviamente, vou fazer o combate dentro do governo para que não traga mais um ônus ao produtor e à produção brasileira", completou.