Menu
Busca sábado, 19 de setembro de 2020
Busca
(67) 3345-4200
Campo Grande
32ºmax
21ºmin
Notícias

Leilão vai negociar 80 mil toneladas de milho

07 março 2012 - 02h12Por Globo Rural

O Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa) anunciou para 15 de março a venda de estoques públicos de milho, com concessão da subvenção econômica, por meio de leilões de Valor de Escoamento de Produto (VEP).

É o primeiro leilão realizado pelo governo federal com o propósito de manter abastecido o mercado, especialmente nos Estados do Sul, afetados pela estiagem. A notícia foi dada pelo secretário de Política Agrícola do ministério, Caio Rocha, durante painel no 4º Fórum Nacional do Milho, nesta segunda-feira (5/3), na Expodireto 2012, em Não-Me-Toque (RS). O leilão de VEP vai destinar para a comercialização 80 mil toneladas de milho, sendo 40 mil para o Rio Grande do Sul e Santa Catarina, e 40 mil para Espírito Santo (ES), Rio de Janeiro (RJ), além das regiões Norte e Nordeste, e norte de Minas Gerais (MG).

As medidas são uma forma de o governo abastecer o mercado com carência do produto e atender ao setor que enfrenta dificuldade devido à quebra da safra por conta das oscilações climáticas. Junto a esta autorização, também ocorrerá a venda direta, denominada Venda Balcão.

Em ambos os casos, a operacionalização será feita pela Companhia Nacional de Abastecimento (Conab), vinculada do Ministério. Saiba mais: Valor de Escoamento de Produto (VEP): é um leilão de venda de estoque público. Neste caso, o governo paga uma subvenção, chamada de prêmio, para que o produto seja escoado para uma região determinada, com dificuldade de abastecimento.

Venda direta de estoques públicos: é realizada por meio de leilões para regular o abastecimento e o preço dos produtos agrícolas.