Menu
Busca quinta, 22 de outubro de 2020
Busca
(67) 3345-4200
Campo Grande
33ºmax
22ºmin
Notícias

Frio mata milhares de ovinos em Uruguaiana/RS

06 agosto 2010 - 00h00Por Correio do Povo.

As baixas temperaturas registradas no Rio Grande do Sul provocaram a morte de 7,8 mil cordeiros apenas nas últimas três semanas em Uruguaiana. A mortalidade representa 12% dos 65,1 mil nascimentos registrados e 4% do rebanho de 197.111 cabeças. "Os número deixam claro que os criadores não podem mais esperar que a natureza tome conta do rebanho", frisou o técnico da Emater Emanoel de Deus Torres. O presidente da Arco, Paulo Schwab, salienta que a alta mortalidade é preocupante, principalmente em um momento em que o Estado tenta ampliar seu rebanho, hoje em 4,2 milhões de cabeças. Ele alerta para a importância de mudar o período de parição de forma a evitar os meses de maior frio. Outra alternativa é a construção de abrigos.

Apesar de serem mais resistentes, os bovinos também são prejudicados pelas baixas temperaturas. A escassez de pasto obriga os agropecuaristas a alimentarem os animais com fibrosos com menor índice de nutrientes, como o capim-annoni e a caninha. Para contornar a situação, os pecuaristas ainda adicionam sal proteinado à ração, prática que eleva custo, além de reduzir o peso e a qualidade da carne. Em Bagé, o agrônomo da Emater Erich Oscar Groeger informa que essas condições de clima vão atrasar a engorda do gado. Segundo ele, devido ao inverno chuvoso, o desenvolvimento das pastagens cultivadas está atrasado e há deficiência nutricional. Groeger recomenda adubação das pastagens com nitrogênio e que algumas áreas sejam usadas para alimentar animais mais leves a fim de evitar perdas pelo pisoteio.

O levantamento semanal da Emater indica queda na produção de hortigranjeiros, mas não precisa índices. O assistente técnico da Emater Antônio Conte considera que, em geral, os produtores estão preparados para enfrentar as baixas temperaturas. Para a fruticultura, o frio favorece o controle de pragas e moléstias. O mesmo cenário se desenha no trigo, que apresenta bom desempenho, sem problemas de ordem sanitária. Aos fumicultores, a recomendação é trocar a água das bandejas de mudas para que não congelem.