Menu
Busca quarta, 06 de dezembro de 2023
Busca
(67) 3345-4200
Campo Grande
Previsão do tempo
30º
DEBATE

Evento global do agronegócio debate segurança alimentar e sustentabilidade

O ministro Marcos Montes destacou que os produtores rurais brasileiros já vêm utilizando boas práticas para a produção agropecuária

26 julho 2022 - 09h59Por Mapa

Foi aberta nesta segunda-feira (25), em São Paulo, a quinta edição do Global Agribusiness Forum (GAF), um dos principais eventos mundiais de agronegócio, que ocorre bianualmente. Um dos temas é a adoção de práticas sustentáveis pelo setor agropecuário, como a agricultura de baixo carbono.

Ao participar do evento, o ministro da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa), Marcos Montes, destacou que os produtores rurais brasileiros já vêm utilizando essas boas práticas e existe o potencial de transformação de 60 a 70 milhões de hectares de pastagens degradadas em áreas produtivas no país.

Sobre o Plano Safra 2022/23, que tem como um dos objetivos financiar a agricultura familiar e práticas agropecuárias sustentáveis, como o ABC+, Montes afirmou que, com acesso a crédito, os agricultores familiares, pequenos e médios têm melhores condições para produção e comercialização dos produtos.

A respeito da segurança alimentar mundial, o ministro citou que o Brasil é um dos poucos países do mundo com condições de aumentar a produtividade e produzir mais alimentos nas próximas décadas para atender a demanda global, graças ao uso contínuo da tecnologia tropical.

Estiveram presentes na cerimônia de abertura o presidente da República, Jair Bolsonaro; os ministros do Meio Ambiente, Joaquim Leite; e da Casa Civil, Ciro Nogueira; além de outras autoridades e representantes do setor agropecuário.

O GAF é promovido, em conjunto, pela Sociedade Rural Brasileira (SRB), Associação dos Produtores de Milho do Brasil (Abramilho), Aliança Internacional do Milho (Maizall), Associação dos Criadores de Gado Zebu (ABCZ), Associação Brasileira dos Produtores Exportadores de Frutas e Derivados (Abrafrutas), o Fórum Nacional Sucroenergético, União Nacional do Etanol de Milho (Unem) Associação Brasileira de Proteína Animal (ABPA) e a Datagro, consultoria agrícola no Brasil.

Em reuniões paralelas ao fórum, Marcos Montes encontrou-se com o ministro da Pecuária, Agricultura e Pesca do Uruguai, Fernando Mattos, e com o diretor-executivo do Fórum Nacional Sucroenergético, Roberto Hollanda Filho.