Menu
Busca terça, 23 de abril de 2024
Busca
(67) 3345-4200
Campo Grande
Previsão do tempo
22º
MERCADO

Escalas de abate continuam confortáveis para os frigoríficos

De acordo com a consultoria Agrifatto, a média nacional das programações se encontram em 12 dias úteis

29 agosto 2022 - 08h33Por DBO Rural

A pressão de baixa das indústrias frigoríficas seguiu firme no mercado físico do boi gordo, resultando em poucos negócios durante a semana. Porém, apesar da menor liquidez, as escalas de abate continuaram confortáveis para os frigoríficos nesta última semana, informa a consultoria Agrifatto.

“A média nacional das escalas de abate se encontram em 12 dias úteis, sem alteração em relação ao quadro registrado na semana anterior”, relata a consultoria, que aponta abaixo o posicionamento das programações desta sexta-feira nas unidades industriais espalhadas pelas regiões pecuárias.

São Paulo –  Os frigoríficos fecharam a sexta-feira com 16 dias úteis programados, mantendo a estabilidade no comparativo entre as semanas. 

Pará – As indústrias locais encerraram a semana com a média de 19 dias úteis programados, 8 dias de alta ante a sexta-feira passada.

Minas Gerais – As indústrias mineiras recuaram as suas escalas em 6 dias e a média das programações se encontram completas para 14 dias úteis.

Goiás – Os frigoríficos goianos avançaram as suas escalas em 1 dia e a média do Estado se encontra em 13 dias úteis.

Mato Grosso do Sul e Rondônia – As programações de abate se encontram na casa de 12 dias úteis em ambos os Estados. Os frigoríficos sul-matogrossenses mantiveram as escalas estáveis, enquanto os rondonienses avançaram 2 dias, no comparativo semanal.

Tocantins – Os frigoríficos locais fecharam a semana com as programações de abate na média de 11 dias úteis, avanço semanal de 2 dias.

Mato Grosso – As escalas de abate se encontram na média de 6 dias úteis, 2 dias de queda ante a sexta-feira passada.