Menu
Busca sexta, 23 de outubro de 2020
Busca
(67) 3345-4200
Campo Grande
33ºmax
22ºmin
Notícias

Em Brasília, Tereza Cristina assina convênios que beneficiarão setor rural

20 janeiro 2010 - 00h00Por Seprotur

Buscando assegurar a imediata liberação de recursos para importantes convênios a secretária Tereza Cristina Correa da Costa Dias (Produção e Turismo), estará nesta quinta-feira (20) e sexta-feira (21) em Brasília, para encontrar-se com membros do Governo Federal. Ainda na capital federal, Tereza participa da 1ª reunião de 2010 do Conseagri (Conselho Nacional de Secretários de Estado de Agricultura), do qual é presidente.

Tereza revela que entre os convênios construídos com o apoio do secretário de Desenvolvimento Agropecuário e Cooperativismo do Mapa (Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento), Márcio Portocarrero, estão duas propostas da ordem de R$ 782,2 mil. Ela explica que o primeiro projeto tratará de transferência de tecnologia - por meio de sistema de integração lavoura, pastagens e silvicultura - e o segundo, está voltado para o fortalecimento e integração em rede de Desenvolvimento Integrado (RDI).

“Temos trabalhado ao lado do Ministério da Agricultura, buscando fortalecer nosso Estado, desenvolvendo projetos que possam trazer resultados efetivos a nossa produção”, ressaltou.

De acordo com o levantamento realizado pela Secretaria, além dos convênios que já serão celebrados nesta viagem, o Estado conta ainda com 64 propostas de aporte de investimentos –já aprovadas pelo Mapa para execução fiscal em 2010– e que vão beneficiar prefeituras municipais, associações de produtores, sindicatos rurais de todas as regiões do Estado, com investimentos diretos da ordem de R$ 22,5 milhões.  “Estas ações foram construídas com o apoio direito do governo estadual, prefeituras e parlamentares”, enfatiza.

Dentre as ações traçadas e que terão impacto direito no setor produtivo sul-mato-grossense, estão listadas emendas individuais dos deputados Antonio Carlos Biffi (PT), Dagoberto Nogueira (PDT), Vander Loubet (PT), Waldenir Moka (PMDB) e da senadora Marisa Serrano (PSDB). “Este foi um esforço pessoal de cada um dos parlamentares, sem contar nas ações estratégicas, onde todos somaram esforços”, frisa Tereza Cristina.