Menu
Busca sexta, 23 de julho de 2021
Busca
(67) 3345-4200
Campo Grande
32ºmax
14ºmin
Notícias

Conselho do Agro debate proposta do setor até 2030

27 abril 2018 - 23h53Por CNA

 As entidades que integram o Conselho do Agro debateram, nesta quinta (26), na sede da Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil (CNA), o documento que será entregue aos candidatos à Presidência da República com as propostas de longo prazo do setor. Os representantes das entidades do Conselho analisaram um documento prévio, elaborado a partir de estudos da Embrapa e do Ministério da Agricultura, com projeções e cenários previstos até 2030. Os participantes apresentaram sugestões que serão acrescentadas na versão final, prevista para ser concluída até junho.

 
“Vamos construir uma proposta do agro e que contemple uma política de Estado até 2030. Apresentaremos nossa preocupação com temas como escoamento de safra, infraestrutura e sanidade, e queremos saber o que os candidatos pensam sobre isso”, disse João Martins.Segundo o ex-ministro da Agricultura e coordenador do Centro de Agronegócios da Fundação Getúlio Vargas, Roberto Rodrigues, a ideia é apresentar uma visão conjuntural da atualidade e um diagnóstico, com metas e estratégias para o longo prazo. “Isso faz parte de um projeto muito amplo que deverá fazer do Brasil o campeão mundial da segurança alimentar até 2030”.
 
O presidente do Conselho Nacional do Café (CNC), Silas Brasileiro, ressalta que o documento também deverá mostrar para os governantes aquilo que o setor necessita para continuar crescendo de forma sustentável e produtiva. “Esse documento está sendo elaborado com base científica e, não, como uma forma de convencimento. Pretendemos mostrar a realidade do campo para que o Governo e a sociedade urbana entendam a importância do agronegócio do Brasil”, disse.O Conselho do Agro reúne 15 entidades que representam os produtores rurais de diversas cadeias produtivas e segmentos da agropecuária. O grupo foi criado para defender temas de interesse do setor e do País.