Menu
Busca sábado, 19 de setembro de 2020
Busca
(67) 3345-4200
Campo Grande
32ºmax
21ºmin
Notícias

BOI GORDO: Pouca oferta de animais terminados em todo o país

23 agosto 2012 - 02h13Por Scot Consultoria
BOI GORDO: Pouca oferta de animais terminados em todo o país

 Os reajustes de preços em praças de todas as regiões mostram que a oferta menor de animais terminados ocorre em todo o país.

 
Em São Paulo, a arroba está sendo negociada em R$91,00, à vista. Existem frigoríficos ofertando até R$2,00 acima e há negócios pontuais realizados em valores maiores.  
 
Existem ainda tentativas de compra abaixo da referência, principalmente por parte das indústrias que possuem boiadas a termo ou de confinamentos próprios, mas o mercado trava nos valores menores.   
 
As escalas de abate encurtaram e atendem, em média, de 3 a 4 dias. São compostas principalmente por animais de confinamento.
 
Porém, mesmo em Goiás, maior estado confinador do país a alta dos preços mostra que o volume ofertado de boiadas terminadas não tem sido suficiente. Os preços subiram nas duas praças do estado, em Goiânia e na região sul.
 
Mais ao norte do país a situação de oferta curta se repete e os preços subiram em Paragominas-PA, Oeste da Bahia e Oeste do Maranhão.
 
Mesmo sendo a semana considerada ruim para a venda de carne no atacado, os preços da arroba tem subido, ou seja, a oferta é quem tem ditado o ritmo do mercado do boi gordo.