Menu
Busca quarta, 30 de setembro de 2020
Busca
(67) 3345-4200
Campo Grande
40ºmax
23ºmin
Notícias

Aptidão leiteira é principal característica da cabra da raça saanen

28 outubro 2012 - 01h14Por CANAL RURAL

 A raça saanen foi desenvolvida por volta do ano de 1890 na Suíça. O animal tem pelagem branca, olhos claros, chifres, mas as fêmeas quase sempre são descornadas, barbas e algumas ainda podem ter brincos. Sempre foi uma raça de aptidão leiteira. Uma cabra chega a produzir até oito litros por dia, mas em condições normais a produção diária é de três litros.

O rebanho brasileiro de caprinos, segundo o Ministério da Agricultura, é de 14 milhões de animais, distribuídos em aproximadamente 430 mil propriedades, principalmente as menores. Os maiores rebanhos estão no Nordeste, mas a raça saanen, por ser de origem de clima frio, gosta de lugares mais frescos.

O produtor Evaldo Gomes, de Minas Gerais, investe na criação há sete anos. Ele acredita nas vantagens do leite de cabra para a saúde humana, entre elas a de provocar menos alergias. A fazenda de Gomes fica em uma região conhecida por Serrinha, no município de Uberaba. O calor próprio do Triângulo Mineiro é amenizado pelo vento típico do alto da Serra.

O produtor tem 33 cabras em lactação, que produzem cerca de 55 litros de leite por dia. Gomes começou recentemente a comercialização do produto pasteurizado. O período de lactação de uma cabra dura de oito a 12 meses. De uma gestação, que dura cinco meses, podem nascer até três filhotes. A docilidade das cabras, de todas as idades, é uma das características que mais chama a atenção.

Os animais da raça são extremamente gregários. Estão sempre em bandos e dão trabalho para serem afastados uns dos outros.