Menu
Busca quarta, 05 de agosto de 2020
Busca
(67) 99826-0686
Campo Grande
31ºmax
16ºmin
Expogrande

Trabalho no Parque se intensifica antes da abertura da Expogrande

Depois de meio dia de chuva, o Parque de Exposições Laucídio Coelho é tomado por milhares de trabalhadores que se apressam para deixar tudo pronto para a abertura oficial da 72º Expogrande Internacional, amanhã.

17 março 2010 - 16h19Por Jefferson da Luz - Via Livre Comunicação

Depois de meio dia de chuva, o Parque de Exposições Laucídio Coelho é tomado por milhares de trabalhadores que se apressam para deixar tudo pronto para a abertura oficial da 72º Expogrande Internacional, amanhã. A dimensão dessa edição da feira é percebida por quem trabalha nela há anos. É o caso de Valdecir Guilherme Telles, que há trinta anos ajuda na montagem dos estandes.

“Pela movimentação que a gente vê até agora dá para perceber que vai ser a maior Expogrande dos últimos anos”, afirma Telles. “Vai ter muito gado, eles [a administração da Acrissul] aumentaram o número de animais que vão participar e, uma exposição de pecuária para ser boa tem de ter bastante gado”, conclui.

Hoje, ainda, há muito trabalho para ser feito. Os expositores estão acelerando ao máximo o ritmo para estar tudo pronto até amanhã às 18h, quando a feita será oficialmente aberta. Mas, apesar da correria, o sentimento de que será uma grande festa é geral.

“Eu faço exposições por todo o Brasil: Goiás, Rio de Janeiro, Paraná, Minas Gerais entre outros estados. E nunca vi um pessoal tão animado para uma feira como estão para essa edição da Expogrande. Dos montadores aos expositores, todos trabalham com grande entusiasmo”, relata o empresário José Carlos Nunes Nascimento.

Se na semana passada havia uma grande quantidade de pedreiros, eletricistas e pintores a eles se somaram arquitetos, montadores, tratadores entre outros profissionais. Como este ano cerca de 1200 bovinos estarão em exposição o time que trabalha para arrumar os pavilhões tem dobrado o turno, ontem (16/03) chegaram cinco carretas com serragem, e para espalhar tudo nos pavilhões os trabalhadores contam com um reforço importante, uma pá-carregadeira.

Se os expositores estão dando duro para causar uma boa impressão aos visitantes, mais ainda a administração do Parque. Pintura, troca de lâmpadas, melhoria nas instalações elétricas, limpeza são alguns dos trabalhos que se intensificaram hoje (17/03) -já que ontem a chuva impossibilitou a realização desses serviços.          

Enquanto isso, o trabalho também é intenso nos portões de desembarque de gado. São diversos tipos e animais: bovinos, equinos e outros de pequeno porte, que são destinados para a exposição ou para os leilões. E, antes de serem liberados para entrar no Parque, são fiscalizados pela Iagro (Agência Estadual de Vigilância Sanitária Animal e Vegetal).