Menu
Busca quinta, 04 de março de 2021
Busca
(67) 3345-4200
Campo Grande
32ºmax
22ºmin
Pecuária

CNA inicia reuniões para definir propostas ao Plano Agrícola e Pecuário 2017/2018

03 fevereiro 2017 - 13h21Por CNA
CNA inicia reuniões para definir propostas ao Plano Agrícola e Pecuário 2017/2018

A Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil (CNA) inicia na segunda (6/02) uma série de reuniões nas diversas regiões produtoras do país para ouvir as propostas dos agricultores na elaboração do Plano Agrícola e Pecuário da safra 2017/2018.

O presidente da Federação da Agricultura e Pecuária de Goiás (FAEG) e Vice-presidente da CNA, José Mário Schreiner, destaca que o objetivo dos seis encontros é “traduzir melhor as demandas dos agricultores de cada setor agropecuário para que o Plano Agrícola e Pecuário traduza o real pensamento do produtor”.

Schreiner disse ainda que as conversas com os produtores rurais, representantes de sindicatos rurais e das federações permitirão à “CNA definir ações prioritárias e estratégicas relacionadas com temas sensíveis como crédito e seguro rural, dentre outros temas”.

A CNA, a partir desses encontros, vai consolidar um documento, a ser entregue ao Governo Federal, abordando as prioridades do setor agropecuário para safra 2017/2018.

O objetivo é ouvir as demandas dos produtores, incluindo as cinco regiões geográficas e o Matopiba (área agrícola formada pelos estados do Maranhão, Tocantins, Piauí e Bahia).

Os primeiros quatro workshops já estão agendados, segundo o cronograma da  Superintendência Técnica da CNA, definido com o apoio das federações de agricultura.

O primeiro deles acontecerá nesta segunda (6), na sede da Federação da Agricultura e Pecuária do Estado de Sergipe (Faese),  em Aracaju.

Dois dias depois será a vez dos agricultores da região de Luiz Eduardo Magalhães, na Bahia,  na sede do Sindicato dos Produtores Rurais da região.

No dia 13, o encontro será em Curitiba, na sede da Federação da Agricultura do Estado do Paraná (FAEP). E, no dia 20, as discussões ocorrerão em Campo Grande, capital do Mato Grosso do Sul, na sede da Federação de Agricultura e Pecuária de Mato Grosso do Sul (Famasul).