Menu
Busca quinta, 01 de outubro de 2020
Busca
(67) 3345-4200
Campo Grande
41ºmax
24ºmin
Pecuária

CNA e Cepea divulgam estudo Ativos da Pecuária

04 agosto 2010 - 00h00Por CNA.

A alta dos preços da arroba do boi gordo tem favorecido os confinadores em 2010. Outro fator positivo é o recuo dos preços nominais da soja e do milho a patamares inferiores aos praticados no ano passado. A avaliação consta no estudo Ativos da Pecuária, divulgado ontem pela Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil (CNA) e pelo Centro de Estudos Avançados em Economia Aplicada (Cepea) da Universidade de São Paulo (USP).

O estudo mostra, no entanto, aumento nos preços da suplementação animal no acumulado do primeiro trimestre do ano, o que reforça a necessidade de controle de custos e da análise das condições de venda dos animais como forma de definir a melhor rentabilidade para o pecuarista. "Se considerados os preços de ajuste para a arroba do dia 30 de março, no mercado futuro, os melhores meses para a venda seriam outubro e dezembro", avalia a CNA.

Os dados que compõem o levantamento foram coletados em dez estados: Goiás, Minas Gerais, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Pará, Paraná, Rio Grande do Sul, Rondônia, São Paulo e Tocantins. Todos os dez estados pesquisados apresentaram aumento nos custos. Goiás foi o Estado que mais influenciou, seguindo por Tocantins, Paraná e São Paulo. O preço da arroba também subiu. Em março, a alta foi de 0,72% e, no acumulado de janeiro a março, a alta foi de 4,85%, variações médias para o Brasil.