Menu
Busca quinta, 22 de outubro de 2020
Busca
(67) 3345-4200
Campo Grande
33ºmax
22ºmin
Notícias

Unica aprova discurso de Lula na ONU sobre produção de cana no Brasil

24 setembro 2009 - 00h00Por Revista Globo Rural

A defesa do etanol brasileiro feita pelo presidente Luiz Inácio Lula da Silva nesta quarta-feira (23/09), em discurso na ONU - Assembléia Geral das Nações Unidas - foi bem avaliada pela Unica - União da Indústria de Cana-de-Açúcar. “É fundamental disseminar mundialmente as importantes medidas que têm sido tomadas no Brasil para garantir o reconhecimento da sustentabilidade socioambiental de nossa produção de biocombustíveis, e o presidente Lula faz isso ao levar essa mensagem essencial à ONU, e portanto, ao mundo”, afirma Marcos Jank, presidente da entidade.

Pela manhã, Lula afirmou na ONU que o “etanol brasileiro e os demais biocombustíveis são produzidos em condições cada vez mais adequadas, sobretudo a partir do Zoneamento Agroecológico que acabamos de implantar, mandando para o Congresso Nacional”. O presidente destacou a proibição da cana-de-açúcar e das usinas de açúcar e etanol em áreas de vegetação nativa.

Lula mencionou ainda o fato de empresários, trabalhadores e governo terem firmado um importante compromisso para valorizar as melhores práticas trabalhistas do setor sucroenergético, o Compromisso Nacional para o Aperfeiçoamento do Trabalho na Cana de Açúcar.

Para Jank, o discurso de Lula é coerente ao afirmar que o crescimento das reservas brasileiras de petróleo não significa que haverá renúncia à agenda ambiental. “Temos certeza que o governo entende que no atual contexto, com as mudanças desafiando o mundo, é muito mais importante para o Brasil continuar sendo reconhecido como pioneiro mundial das energias renováveis e sustentáveis”, diz o representante da Unica.