Menu
Busca domingo, 28 de fevereiro de 2021
Busca
(67) 3345-4200
Campo Grande
33ºmax
21ºmin
Notícias

Suíno vivo: Forte procura por animais eleva cotação

16 fevereiro 2017 - 00h00Por Notícias Agrícolas

O preço do suíno vivo no mercado independente do Paraná elevou a média dos negócios pela segunda vez nesta semana.

De acordo com o levantamento de preço realizado pela Associação Paranaense de Suinocultores (APS) na maioria das regiões o quilo do animal vivo é negociado a R$ 4,95, contra os R$ 4,60/kg reportados no início da semana.

Jacir Dariva, presidente da APS, relata que há frigoríficos demitindo funcionários no Estado devido à baixa oferta de suínos para abate. “Não temos mais suínos pesados nas granjas. Inclusive, há a informação de frigoríficos do Paraná demitindo funcionários por falta de matéria-prima”.

"O mercado de suínos está fluindo de forma muito positiva com procura superior a oferta, e a expectativa é que o mesmo permaneça assim nas próximas semanas”, diz o diretor da ASEMG (Associação dos Suinocultores de Minas Gerais), Armando Carneiro.

Além da baixa disponibilidade de animais que obriga as agroindústrias a buscarem matéria-prima no mercado independente, outro viés altista é o bom ritmo das exportações brasileiras de carne suína 'in natura' neste início de ano.

“O excelente desempenho dos embarques vem equilibrando a oferta interna de produtos neste início de ano, diminuindo os efeitos causados pela usual queda de consumo interno de proteínas no primeiro bimestre”, destaca o Francisco Turra, presidente-executivo da ABPA (Associação Brasileira de Proteína Animal).