Menu
Busca terça, 22 de setembro de 2020
Busca
(67) 3345-4200
Campo Grande
27ºmax
18ºmin
Notícias

Sistema agrossilvipastoril para a produção de leite no Semiárido

15 setembro 2011 - 12h17

No entanto, o sistema de produção ainda enfrenta uma situação de não-sustentabilidade, principalmente por causa da dependência que os agricultores tem da aquisição de insumos externos como ração para o gado no período seco.

Com a finalidade de melhorar a produção de leite no Semiárido a Embrapa Semiárido (Petrolina/PE) recomenda a implantação de sistemas agrosilvipastoris nas propriedades rurais. Este é o tema do Prosa Rural desta semana que tem a participação da pesquisadora Cristiane Otto de Sá.

“É possível diminuir a necessidade da ração externa, principalmente do farelo de soja, implantando na propriedade sistemas agrosilvipastoris que têm na sua estrutura, por exemplo, a gliricídia, rica em proteína”, destaca a pesquisadora durante sua participação no Prosa Rural. Ela explica que este sistema busca trabalhar tanto a agricultura, quanto à pecuária e a floresta em uma mesma área. “Nessa região, plantamos as árvores de gliricídia, em fileiras, e, entre elas, as culturas normalmente utilizadas no Semiárido, como o milho e o feijão”.

Durante o programa, Cristiane fala sobre o plantio da espécie forrageira em consórcio com o milho. Desta forma, é possível obter maior produtividade do milho, pois tanto as folhas quanto as raízes da gliricídia oferecem nitrogênio para a cultura anual, diminuindo a necessidade de adubo externo.

“Além disso, a gliricídia pode ser usada para os animais na forma de pastejo direto. O produtor também pode utilizar as folhas na forma de silagem ou de feno para a alimentação dos animais. No caso do milho, você produz os grãos para a agricultura”, exemplifica.

Segundo a pesquisadora, outra utilidade da gliricídia é o fornecimento das estacas que podem ser utilizadas como cerca viva, diminuindo a necessidade de um desmatamento da Caatinga.

Saiba mais sobre o sistema agrossilvipastorial para a produção de leite no Semiárido, ouvindo Prosa Rural, o programa de rádio da Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária -  Embrapa, vinculada ao Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento. O programa conta com o apoio do Ministério do Desenvolvimento Social e Combate à Fome.