Menu
Busca segunda, 27 de setembro de 2021
Busca
(67) 3345-4200
Campo Grande
34ºmax
22ºmin
Notícias

Semagro recebe associação e discute aumento da produção de seda em MS

09 maio 2018 - 01h04Por Semagro
Semagro recebe associação e discute aumento da produção de seda em MS

A Semagro (Secretaria de Meio Ambiente, Desenvolvimento Econômico, Produção e Agricultura Familiar) recebeu representantes da Abraseda (Associação Brasileira de Fiações de Seda) nesta semana para falar sobre as potencialidades do setor e o aumento da produção em Mato Grosso do Sul. A presidente da Abraseda, Renata Amano e sua equipe, foi recebida pelo secretário Jaime Verruck, a coordenadoria de Agricultura Familiar e a Agraer (Agência de Desenvolvimento Agrário e Extensão Rural), órgão vinculado a Semagro.

 
A Associação apresentou dados do setor no país, como a demanda reprimida de 40%, a boa rentabilidade para o produtor e a necessidade de expansão. “Hoje temos muita procura pela seda para o mercado da moda, o que garante bons preços para a indústria e o produtor. No Paraná já temos 2 mil famílias produzindo e tendo resultados positivos”, disse a presidente da associação, Renata Amano.
 
Mato Grosso do Sul já teve produção aquecida de seda entre 2005 e 2007, porém o setor passou por um período de baixa em seguida e hoje, poucas pessoas do Estado atuam na área. A equipe da Agraer ficou responsável por fazer um levantamento dos produtores de seda do Estado, os que ainda estão na atividade e o que deixaram o setor.
 
O secretário Jaime Verruck destacou que é necessário buscar estímulos para que o produtor volte o setor. “Diante da apresentação da associação, agora vamos fazer um levantamento das famílias interessadas na atividade, em seguida fazer uma recapacitação para então começar a produzir”, disse. De acordo com a Abraseda, a Sericultura nacional retomou a produção de casulos e tem apresentado crescimento médio anual de 10% nos últimos três anos. Em 2016, a exportação de seda brasileira superou o montante de U$ 30 milhões de dólares e a produção de fios em 2017 foi superior a 510 mil kg.