Menu
Busca sábado, 15 de junho de 2024
Busca
(67) 3345-4200
Campo Grande
Previsão do tempo
30º
BEZERROS

Reposição opera com preços mais sustentados após longo período de baixa

Alguns compradores estiveram mais ativos no mercado em função da oportunidade de aquisições frente aos baixíssimos preços

15 agosto 2022 - 08h13Por DBO Rural

Após as fortes quedas verificadas nas semanas anteriores, os preços pagos pelos animais de reposição voltaram a esboçar firmeza durante a segunda semana de agosto, informam os analistas da IHS Markit.

“Alguns compradores (recriadores e invernistas) estiveram mais ativos no mercado em função da oportunidade de aquisições frente aos baixíssimos preços”, justifica a consultoria. Além disso, muitos pecuaristas já começam a fazer planejamentos para o próximo período das águas, acrescenta a IHS.

Nas praças do interior de São Paulo e de Minas Gerais, o mercado de animais jovens, não terminados, deu sinais de recuperação diante dos preços mais baixos de alguns importantes insumos componentes da ração, sobretudo o milho, relatam os analistas.

Na região Centro-Oeste, destaque para a recuperação no mercado do Mato Grosso do Sul, onde os preços da bezerrada de ano haviam recuado de forma significativa nas semanas anteriores. “Além de compradores locais, houve também a presença de produtores de outros Estados atuando na região, principalmente de pecuaristas paulistas”, informa a IHS.

Nas praças de Goiás e do Mato Grosso, o mercado de reposição operou com preços acomodados ao longo desta semana. “Destaque para maior procura por novilhas e garrotes com mais de 10 arrobas”, observa a IHS.

No Norte do País, o cenário ainda é marcado por preços acomodados, mesmo com uma aparente melhora da liquidez de negócios envolvendo categorias mais jovens. Segundo relatos da Scot Consultoria, de uma maneira geral, “as pastagens seguem com baixa qualidade devido às poucas chuvas e os alimentos concentrados ainda têm afugentado os recriadores/invernista do mercado de reposição”.