Menu
Busca quinta, 13 de agosto de 2020
Busca
(67) 99826-0686
Campo Grande
34ºmax
21ºmin
72ª Expogrande

Raça Nelore representa quase 50% de todos os bovinos em

19 março 2010 - 00h00

Dos 1.088 bovinos que serão apresentados na 72ª Expogrande, 400 deles são Nelore e junto com as raças: Bonsmara, Brahman, Canchin, Gir Leiteiro, Girolando, Guzerá, Nelore Mocho, Santa Gertrudes e Senepol, fará parte da primeira obrigatória do ano, no calendário de exposições do Ranking Oficial MS.

Para o presidente da Associação Sul-Mato-Grossense de Criadores de Nelore, Guilherme Bumlai, o evento que acontece de 18 a 28 de março, será de fundamental importância para a raça, já que está confirmada a presença de vários criadores do estado e também de outras regiões do país. “As expectativas são excelentes, principalmente quanto a nova data, que possibilita a presença de expositores de todo país”, diz o presidente.

Ele ressalta ainda que a internacionalização da Expogrande este ano, vai dar maior evidência para o evento, pois oportuniza a vinda de criadores de outras localidades do mundo. “O fato da feira ser oficializada como internacional abrirá oportunidades de novas fronteiras”, diz Bumlai.

Nos anos anteriores a data da Expogrande era realizada no fim de março e começo de abril, o que prejudicava a vinda de alguns produtores a Mato Grosso do Sul, já que na mesma época acontecia a Expolondrina no Paraná. Sobre o Nelore Animais Nelore apresentam estado geral sadio e vigoroso. A ossatura é leve, robusta e forte, com musculatura compacta e bem distribuída.

A masculinidade e a feminilidade são acentuadas. Apresenta resistência natural a parasitas, devido às características de seus pêlos, que impedem ou dificultam a penetração de pequenos insetos na superfície da pele ou que aí tentam se fixar.

A pele escura, fina e resistente, dificulta a ação de insetos sugadores, além de produzir secreção oleosa repelente, que se intensifica quando os animais estão expostos a temperaturas elevadas. Por possuir maior quantidade de glândulas sudoriparas e pela superfície corporal ser maior em relação ao corpo, a raça é muito resistente ao calor.

Os pêlos do Nelore também ajudam o processo de troca com o ambiente. Outra vantagem deste animal é em relação ao trato digestivo, que é 10% menor que aos europeus. Isso se reflete em um metabolismo mais baixo e aumento da longevidade de produção.