Menu
Busca quinta, 25 de abril de 2024
Busca
(67) 3345-4200
Campo Grande
Previsão do tempo
30º
DOMA DE EQUINOS

Prova de Cavalo Crioulo terá premiação de R$ 10 mil para primeiro colocado

Competidores vindos de diversos estados iniciaram competição no Parque Laucídio Coelho nesta quarta-feira, 3

03 abril 2024 - 17h30Por Thais Cintra | Assessoria de Comunicação | Acrissul | Expogrande 2024
DOMA DE EQUINOS

Prova de Cavalo Crioulo terá premiação de R$ 10 mil para primeiro colocado

Competidores vindos de diversos estados iniciaram competição no Parque Laucídio Coelho nesta quarta-feira, 3

03 abril 2024 - 17h30Por Thais Cintra | Assessoria de Comunicação | Acrissul | Expogrande 2024

Uma das atrações mais apreciadas na Expogrande, a prova do Cavalo Crioulo iniciou nesta quarta-feira, 3, na pista de laço comprido em Campo Grande. Para o primeiro colocado será repassado o valor de R$ 10 mil; o segundo R$ 8 mil e assim subseqüente, até o 5º colocado. O valor total em dinheiro nas premiações chega a R$ 30 mil.

Ao todo, 23 domadores de diversos estados, incluindo Mato Grosso do Sul estão competindo. Tradicional há pelo menos 50 anos no Rio Grande do Sul, a prova de doma ou redomão como é popularmente conhecida se espalhou por todo o Brasil.

A prova inicia sempre no 30º dia após a inscrição dos animais, ou seja, os competidores precisam domá-los no prazo de um mês.

"No momento da inscrição o técnico faz a revisão para comprovar que são xucros. No 30º dia realizamos a competição que dura em torno de cinco minutos", explica Roberto Driedrich (Beto), presidente do Núcleo de Criadores de Cavalos Crioulos de Mato Grosso do Sul. 

Segundo Beto, os animais têm um percurso pré-definido onde são avaliados os três andares, passo, trote e galope. "Depois disso, eles têm um percurso se avalia a agilidade, a mansidão e, por último, a sujeição, onde o domador pede para o cavalo parar e ele tem que parar no ato. A gente chama esse movimento de esbarrada", detalha.

Após o teste de mansidão, se o animal apresentar alguma reação, o domador sai de cima do cavalo, sendo necessário dar um giro de 360 graus, levantar os dois pés e as duas patas. "Claro que tudo isso de cada vez, e o animal não pode sair do lugar. Então, assim avaliamos se a égua ou cavalo está bem domado ou se foi feito com muita pressão", analisa. 

Dos 23 animais, 8 passam para a próxima fase que acontece nesta quinta-feira, 4. Eles serão avaliados na prova de parada, sujeição, agilidade e, por último, a paleteada, onde os dois potros têm que conduzir o novilho do começo ao final da pista. 

Paixão pela profissão 

Na função de domador há 17 anos, Juliano Brum Muniz veio do Rio Grande do Sul para competir em Campo Grande junto com sua companheira, a égua apelidada carinhosamente de Gape Pantera. 

"A expectativa para chegar à final é grande. Já levei dois redomão e fiquei entre os melhores em algumas competições. É muito gratificante montar numa animal que te traz boas condições e a doma exige um bom manejo, principalmente por conta da viagem que deixa os animais bem cansados", relata. 

Mato Grosso do Sul conquistou o 1º lugar do pódio na competição de 2023 com o domador Charles de Oliveira de Costa Rica. Os jurados neste ano são Romeu Koch de Santa Catarina e Matheus Falabrete do Rio Grande do Sul.

Confira o cronograma de provas: 

•    04 de abril (quinta-feira) - Às 9h - Esbarrada e Escaramuça livre redomão 
Local: Pista de provas - Realização do Núcleo de Criadores de Cavalos Crioulos de Mato Grosso do Sul

•    06 de abril (sábado) - Das 14h às 18h 
Local: Pista de provas - Realização do Núcleo de Criadores de Cavalos Crioulos de Mato Grosso do Sul      

Importante ressaltar que a Expogrande 2024 terá entrada gratuita de domingo à quinta-feira. Sexta-feira e sábado o valor da entrada terá o custo de R$ 20,00. O ingresso aos shows será cobrado à parte.