Menu
Busca segunda, 28 de setembro de 2020
Busca
(67) 3345-4200
Campo Grande
34ºmax
24ºmin
Notícias

Produtores rurais recebem capacitação pelo Negócio Certo Rural

01 setembro 2011 - 12h29Por Agora MS

Essa semana, nove cidades do interior recebem as ações do Negócio Certo Rural, que oferece capacitação para produtor de pequenas propriedades rurais. Existem cerca de 150 propriedades nos locais onde estão acontecendo o projeto realizado pelo Sebrae em parceria com o Serviço Nacional de Aprendizagem Rural (Senar).


Os eventos acontecem nas cidades de Angélica, Bataguassu, Chapadão do Sul, Costa Rica, Ivinhema, Ribas do Rio Pardo, Rio Negro, Sonora e Vicentina. As palestras já acontecem nas cidades desde os meses de julho e agosto. O Negócio Certo Rural é presencial sob a assistência de um instrutor, divididos em cinco encontros de seis horas e duas consultorias, uma coletiva e a outra individual, ou seja, diretamente na propriedade rural, o que equivale a uma carga horária de 36 horas


Desta vez, será realizado amanhã o 4º encontro nas cidades de Ivinhema e Costa Rica, o 5º encontro em Rio Negro e a 1ª consultoria em Angélica e Ribas do Rio Pardo. No dia 2, serão feitos o 3º encontro em Bataguassu e Vicentina, o 4º encontro em Chapadão do Sul, o 5º encontro em Sonora e a 1ª consultoria em Ribas do Rio Pardo. Já no dia 3, terão início as consultorias individuais em Costa Rica.


O consultor do Sebrae, Jayro de Sousa, ressalta que o trabalho desenvolvido com os produtores rurais ajuda, inclusive, na auto-estima. “Muitos deles não acreditam que vão conseguir concretizar seus planos. Mas terminado o curso, percebem a capacidade que possuem e ficam admirados com o resultado”, comenta.


O programa estimula o empreendedorismo para que os produtores possam investir cada vez mais na gestão do agronegócio, além de modificar a maneira de tomar decisões, identificar áreas de investimento e administrar o empreendimento com sucesso. Outra característica do projeto são as consultorias que auxilia na elaboração do plano de negócio.


O casal André Mateus e Rosenir Cristina participou da capacitação na cidade de Rio Verde. Para Rosenir, o projeto contribuiu para melhorar os controles financeiros e aplicar conceitos de economia. “Hoje eu até brinco com meu esposo quando estamos discutindo sobre nossas despesas, sempre digo: lembra do curso?”, salienta.


Bataguassu, Chapadão do Sul, Costa Rica, Ivinhema, Ribas do Rio Pardo, Rio Negro e Sonora estão entre as 21 cidades que fazem parte do Projeto de Apoio ao Desenvolvimento Econômico dos Municípios (Prolocal), que visa levar ações de capacitação e consultoria para promover o crescimento dos municípios. As atividades envolvendo lideranças, comunidade, empreendedores e técnicos de órgãos públicos, em parceria com prefeituras e entidades locais.