Menu
Busca sábado, 19 de setembro de 2020
Busca
(67) 3345-4200
Campo Grande
32ºmax
21ºmin
Notícias

Produtores do Itamarati investem para evitar morte de gado

04 julho 2011 - 12h17Por Mercosul News

Produtores de leite do Assentamento Itamarati estão preocupados com a onda de frio dos últimos dias. Eles buscam formas para proteger o rebanho das baixas temperaturas neste período de inverno. No ano passado os criadores do Itamarati perderam cerca de 30 cabeças de gado com o frio de 3º C. Os animais morreram de hipotermia.

Em uma semana de inverno, as temperaturas despencaram cerca de 20º C, para 6º C, como aconteceu nos dias 27 e 28 de junho. Preocupação para os criadores do Itamarati, onde o inverno costuma ser mais intenso. No inverno, a preocupação dos criadores aumenta justamente porque a maioria dos lotes é aberta e com poucas árvores.

Para evitar esse problema, alguns assentados estão investindo na plantação de eucalipto, onde o gado pode se refugiar do frio. Outro problema enfrentado pelos produtores é a falta de alimentação adequada para o gado, nesse período de inverno. Na seca, a alimentação do gado tem que ser à base de proteínas.

Segundo o engenheiro Antônio Carlos Peixoto de Azevedo, gestor de desenvolvimento rural, da Agência de Desenvolvimento Agrário e Extensão Rural (Agraer) “Os bancos de proteína são áreas destinadas ao manejo de leguminosas e outras espécies ricas em proteína, que têm uma importância fundamental no suporte alimentar do gado de leite.