Menu
Busca sexta, 24 de maio de 2024
Busca
(67) 3345-4200
Campo Grande
Previsão do tempo
23º
OLEAGINOSA

Processamento de soja cresce com exportações de óleo e farelo em alta

Estatísticas da Abiove também indicam números de exportação, estoque final e consumo

10 agosto 2022 - 12h28Por Canal Rural

A Associação Brasileira das Indústrias de Óleos Vegetais (Abiove) atualizou as estatísticas do complexo soja no Brasil até junho de 2022. Os dados do primeiro semestre deste ano, estimados a partir da amostra, indicam um processamento de 25 milhões de toneladas de soja, aumento acumulado de 6,6% quando comparado aos primeiros seis meses do ano passado.

Na análise específica para o mês de junho, constatou-se um aumento de 0,8% no processamento da oleaginosa, relativamente a junho de 2021. De janeiro a julho, as exportações da soja em grão registraram 60,5 milhões de toneladas, uma queda de 9% em referência ao mesmo período do ano passado.

A comercialização do farelo de soja teve uma elevação de 22%, chegando a 12,3 milhões de toneladas, e o óleo de soja cresceu 68%, atingindo 1,5 milhão de toneladas exportadas. Somente para o mês de julho, houve queda de 13,3% nas exportações de soja em grão, e aumentos de 1,8% e 81,6% para farelo e óleo de soja, respectivamente.

Projeções

As projeções anuais para o complexo soja em 2022 sofreram algumas alterações em relação à última divulgação, com os seguintes destaques: 

  • Aumento da produção de 125,8 para 126,6 milhões de toneladas de soja;
  • Processamento do grão de 48,3 para 48,6 milhões de toneladas, impactando positivamente as produções de óleo e farelo;
  • Aumento das exportações de farelo, de 18,5 para 18,6 milhões de toneladas;
  • Aumento da área plantada de 40,5 milhões de hectares para 41 milhões.

Os preços médios de referência das exportações foram alterados e a receita com a comercialização internacional dos três produtos (grão, óleo e farelo) deve totalizar cerca de US$ 58 bilhões neste ano.