Menu
Busca quinta, 16 de setembro de 2021
Busca
(67) 3345-4200
Campo Grande
32ºmax
21ºmin
Notícias

Paralisação dos caminhões já acarreta prejuízo de R$ 30 milhões aos suinocultores

29 maio 2018 - 00h00Por Diego Silva | Divulgação

Os desdobramentos da paralisação dos caminhões, que segundo a Associação Sul-matogrossense dos Suinocultores (Asumas), passa dos limites, já acarretou o prejuízo de R$ 30 milhões à classe e 25 mil cabeças deixaram de embarcar para os frigoríficos. Falta de ração nas granjas, que não passa pelas barreiras, causa perda de peso do animal, queda de abate nos frigoríficos, mortes nas granja e o canibalismo, quando os porcos passam a morder, principalmente rabo e orelhas, para suprir a desnutrição.

A grave situação foi pauta de reunião com o dirigente da Secretaria de Estado de Meio Ambiente, Desenvolvimento Econômico, Produção e Agricultura Familiar (Semagro), Jaime Verruck. “A situação é grave e pode impactar o consumidor final. Além do Governo do Estado já registrar alta queda de arrecadação, animais estão morrendo e um cenário sem precedentes se desenha”, alerta o secretário.