Menu
Busca quinta, 24 de setembro de 2020
Busca
(67) 3345-4200
Campo Grande
34ºmax
20ºmin
Notícias

Paraguai: exportações de carne caíram pela metade em relação a jan/2011

28 fevereiro 2012 - 02h36Por ABC Color com Beef Point

 Apesar do foco de febre aftosa, declarado em San Pedro, durante os primeiros dias desse ano não foram cortadas as exportações de carne do Paraguai. As vendas durante o mês de janeiro foram de 8.795 toneladas, volume que representa 48% das 17.827 toneladas exportadas no primeiro mês de 2011, segundo dados do Serviço Nacional de Qualidade e Saúde Animal (Senacsa). 

O Senacsa informou que, durante janeiro, o valor das exportações foi de US$ 41,958 milhões, que representa pouco mais de 50% dos US$ 59,3 milhões exportados no mesmo mês de 2011.

Em janeiro, a Rússia foi o principal mercado da carne bovina paraguaia, comprando um total de 6.414 mil toneladas, no valor de US$ 29,626 milhões. A maioria dos mercados internacionais fechou suas portas à carne paraguaia após o registro do foco de aftosa.

Antes disso, o Paraguai estava entre os 10 países com maior exportação de carne do mundo. Depois da Rússia, o Brasil foi o segundo maior mercado em janeiro, comprando 1.414 toneladas por US$ 7,82 milhões.

Outros mercados que seguiram comprando a carne bovina paraguaia foram Kosovo (196.019 quilos), Hong Kong (144.902 quilos) e Gabão (111.902 quilos). Os outros 11 dos 18 países que mantêm o mercado aberto à carne paraguaia, não compraram nem 100.000 quilos de carne.