Menu
Busca quinta, 25 de abril de 2024
Busca
(67) 3345-4200
Campo Grande
Previsão do tempo
28º
Tecnologia

Novo aplicativo gratuito facilita gestão da atividade pecuária nas fazendas

O app Congado é um sistema de gerenciamento que otimiza as ações relacionadas ao rebanho de corte

04 novembro 2022 - 11h42Por Attuale Comunicação
Novo aplicativo gratuito facilita gestão da atividade pecuária nas fazendas

Facilidade na execução de tarefas na fazenda e melhora na qualidade do produto final são dois dos principais objetivos que os pecuaristas buscam atingir no dia a dia. Com o avanço da tecnologia, novas alternativas surgem para este propósito. É o caso do aplicativo Congado, que centraliza a gestão das atividades da propriedade num único sistema, disponível de forma gratuita para celular e computador.

O idealizador do projeto, Selmos Gressler, que é médico-veterinário e atua há mais de 30 anos na pecuária, aponta a necessidade por dados que a pecuária enfrenta como a principal razão para a produção de um aplicativo como o Congado.

“Dados e informações são fundamentais para a tomada de decisões na fazenda, a fim de proporcionar os melhores resultados possíveis para a atividade. Reunir os inúmeros parâmetros que permeiam a pecuária de corte num único sistema contribui para um preciso mapeamento do rebanho, facilitando a gestão do pecuarista e o trabalho dos demais profissionais, por ser uma ferramenta de simples uso que contempla todos da porteira para dentro. Isso pode proporcionar retornos até 20% melhores sobre o que vale o rebanho”, explica o empresário.

Aprendizados, controle das tarefas, eficiência produtiva e redução de custos são benefícios que o Congado proporciona aos produtores de bovinos de corte. “O aplicativo, além de compilar as informações e manter o controle sobre estoque do gado, pesagens, diagnóstico de gestação, inseminação, vacinação e pasto, permite que o pecuarista aprenda mais sobre sua fazenda, otimizando os processos e aprimorando o gerenciamento das tarefas”, destaca Gressler.

O desenvolvimento do sistema durou dois anos e recebeu o apoio financeiro da Fundação de Apoio ao Desenvolvimento do Ensino, Ciência e Tecnologia do estado de Mato Grosso do Sul (Fundect), da Financiadora de Estudos e Projetos (Finep), do Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae) e do Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovações.

De acordo com o médico-veterinário, essa é uma iniciativa que trará vantagens também para o consumidor final de carne bovina. “A médio prazo, com o aumento das adesões a essa tecnologia que confere controle zooténico e rasteabilidade, os brasileiros desfrutarão de uma carne de melhor qualidade, considerando que a redução de custos nas fazendas pelo uso do Congado possibilitará a realocação de tempo e recursos para a melhora da qualidade do produto que chegará à mesa da população”.

Uma das ferramentas do sistema é a conexão com balanças, brincos e bastões de identificação animal eletrônicos para o registro das informações no aplicativo, além de estar integrado a programas de melhoramento genético. “Para uma fazenda promover o melhoramento genético do seu rebanho, é essencial que ela tenha dados sobre os animais. Dessa forma, até boi cara limpa pode receber esse benefício”, destaca.

No momento, o Congado está disponível para donwload na Play Store, loja de aplicativos dos dispositivos Android e, em breve, também será disponibilizado para aparelhos com sistema operacional iOS. O sistema pode ser utilizado mesmo sem acesso à internet, por mais de uma pessoa na mesma fazenda e não possui limite de animais para a contabilização.

A iniciativa possui canais oficiais de suporte por telefone, e-mail e Telegram, ficando à disposição dos usuários sempre que necessário.

Para mais informações, acesse o site da Congado.