Menu
Busca sexta, 25 de junho de 2021
Busca
(67) 3345-4200
Campo Grande
30ºmax
19ºmin
Notícias

Nova vacina contra febre aftosa só deve chegar ao mercado em 2019

20 dezembro 2017 - 00h00Por Globo Rural e Estadão Conteúdo

Prevista inicialmente para chegar ao mercado em 2018, a nova vacina contra febre aftosa deve estar disponível apenas em 2019. Segundo o Ministério da Agricultura, a previsão anterior era a de que o período de testes fosse concluído em novembro do próximo ano, "mas em razão do número de partidas (lotes) a serem testadas, definiu-se para dezembro de 2018", disse, em nota, o Departamento de Fiscalização de Insumos Agropecuários (DFIP) da Coordenação de Produtos Veterinários da Pasta.

 
A chamada "nova vacina" traz alterações à formulação utilizada na imunização do rebanho brasileiro desde 1992, com exceção de Santa Catarina (onde não há mais vacinação), como a redução da dose de 5 mililitros para 2 ml e a retirada do antígeno C. "A indústria fabricante da vacina, por iniciativa própria, solicitou ao ministério a retirada do adjuvante saponina (que foi introduzida nas vacinas a partir de 2008)", diz o departamento. Ainda de acordo com o DFIP, para que as mudanças sejam feitas é necessário fazer testes de segurança e eficácia do produto.
 
De acordo com as regras estabelecidas, três lotes de cada marca comercial serão submetidos a estas análises, feitas pelo governo e pelos fabricantes, que serão iniciados em janeiro de 2018 e concluídos em dezembro de 2018.

Leia Também

STF deve julgar ação de demarcação de terras indígenas no dia 30
Repercussão geral
STF deve julgar ação de demarcação de terras indígenas no dia 30
Fim dos Conflitos
Câmara aprova projeto que regulamenta demarcação de terras indígenas
Aprovado o mérito na Comissão de Constituição e Justiça da Câmara, o substitutivo ao PL 490/2007 aguarda análise dos destaques para seguir ao Plenário
Notícias
Cai diferença entre valor da arroba e carne no atacado
Com mercado do boi gordo em banho-maria, estabilidade nos preços da arroba é mantida
Análise
Com mercado do boi gordo em banho-maria, estabilidade nos preços da arroba é mantida