Menu
Busca segunda, 28 de setembro de 2020
Busca
(67) 3345-4200
Campo Grande
34ºmax
24ºmin
Notícias

John Deere dá férias coletivas aos funcionários e causa preocupação no RS

13 maio 2011 - 11h27Por Canal Rural
John Deere dá férias coletivas aos funcionários e causa preocupação no RS

A concessão de férias coletivas para 1,3 mil funcionários na unidade da John Deere, em Horizontina, no Rio Grande do Sul, causa preocupação no sindicato patronal do setor. Mas a empresa informou, em nota, que se trata de uma medida tradicional realizada anualmente em razão da queda na demanda por máquinas no período do calendário agrícola.

O diretor do Sindicato dos Metalúrgicos de Horizontina, Telmo Desconsi, também afirmou que as férias coletivas são normais nesta época.

– Desde 25 de abril, os funcionários da produção estão saindo de férias. Apesar das demissões do mês passado e do cenário desfavorável na Argentina, a situação não preocupa – informa.

Mesmo assim, o presidente do Sindicato das Indústrias de Máquinas e Implementos Agrícolas no Estado (Simers), Cláudio Bier, aponta uma série de fatores que causam apreensão: a queda nas vendas de máquinas, as barreiras argentinas e os incentivos do governo paulista na área.

– As demais empresas continuam investindo em mão de obra qualificada. Isso não é normal – ressalta Bier.

Embora admita que nesse período há redução na procura de colheitadeiras, o dirigente teme que, em razão das circunstâncias atuais, a companhia possa pensar em sair do Estado.

– Se a John Deere sair de Horizontina, o impacto negativo poderá ser de 20 a 30% – analisa.

O dirigente demonstra preocupação com o governo estadual, pois não há nenhum indicativo em relação a incentivos fiscais para as empresas do setor. Em nota, a Secretaria de Desenvolvimento e Promoção do Investimento do Estado informou que já trabalha na criação de um programa de desenvolvimento voltado a setores que enfrentam crises cíclicas.