Menu
Busca sábado, 20 de julho de 2024
Busca
(67) 3345-4200
Campo Grande
Previsão do tempo
29º
IPA-M AGRO

Índice de preços ao produtor agropecuário recua em 1ª prévia do mês

As maiores pressões para baixo partiram de óleo diesel e da gasolina

13 setembro 2022 - 10h59Por Canal Rural

Os preços ao produtor agropecuário caíram 0,29% na primeira prévia do Índice Geral de Preços – Mercado (IGP-M) de setembro, após alta de 0,32% na mesma leitura de agosto, informou a Fundação Getulio Vargas (FGV) nesta segunda-feira (12). Os preços industriais tiveram deflação de 1,31%, após queda de 1,32% no mês anterior.

Nas aberturas do Índice de Preços ao Produtor Amplo (IPA-M) por estágios de processamento, a FGV registrou desaceleração de bens finais (-0,27% para -0,91%) e bens intermediários (-0,11% para -0,56%). Os resultados foram puxados pelos subgrupos de alimentos processados (-0,30% para -1,55%) e combustíveis e lubrificantes para produção (0,04% para -2,89%), respectivamente.

As matérias-primas brutas moderaram o ritmo de deflação (-2,22% para -1,62%), puxadas pela aceleração de minério de ferro (-13,69% para -8,18%), milho em grão (-3,52% para 1,46%) e algodão em caroço (-4,91% para 5,47%). Limitaram o avanço do grupo leite in natura (11,05% para 2,14%), cana-de-açúcar (0,96% para -4,21%) e bovinos (-0,94% para -2,93%).

As maiores pressões para baixo sobre o IPA-M na primeira prévia de setembro partiram de óleo diesel (0,0% para -4,64%) e gasolina automotiva (-5,78% para 5,07%), além do minério de ferro, cana-de-açúcar e bovinos. Em contrapartida, celulose (4,87% para 11,07%) e açúcar VHP (-3,55% para 5,80%), além de milho em grão, leite in natura e algodão em caroço, puxaram o índice para cima.