Menu
Busca quarta, 23 de setembro de 2020
Busca
(67) 3345-4200
Campo Grande
31ºmax
17ºmin
Notícias

Governador institui fundo para agropecuária e lança cartão do produtor

17 dezembro 2010 - 10h50Por CG News

Em evento na tarde desta quinta-feira, na sede do Executivo Estadual, o governador André Puccinelli lançou uma séria de medidas de apoio à agropecuária sul-mato-grossense.

Puccinelli assinou uma lei instituindo o Fundems (Fundo para o Desenvolvimento das Culturas de Milho e Soja), que será mantido com recursos do Fundersul (Fundo de Desenvolvimento do Sistema Rodoviário de Mato Grosso do Sul) e contribuição das operações de milho e soja em todo o Estado.

O fundo será administrado pela Prosoja (Associação dos Produtores de Soja do Estado) e financiará a pesquisa e desenvolvimento da produção. “O fundo poderá chegar a R$ 3 milhões/ano para melhorarmos a produtividade”, afirmou o governador.

Puccinelli também lançou o recadastramento bovino em todas as propriedade rurais para unificar os cadastros da Secretaria da Fazenda e Iagro (Agência Estadual de Defesa Sanitária Animal e Vegetal), corrigindo distorções e servindo para contribuir com as ações sanitárias.

O governador mostrou ainda o novo cartão do produtor que será lançado em 2011 reunindo todas as informações sobre o gado, como idade, sexo e vacinas e implantou o GTA (Guia de Trânsito Animal) eletrônico.

“É um dia de festa para a agropecuária sul-mato-grossense”, afirmou a secretária Tereza Cristina Corrêa da Costa (Desenvolvimento Agrário, da Produção e Turismo).

Segundo ela, a unificação dos dados da secretaria com a Iagro é uma reivindicação antiga que permitirá o conhecimento correto do tamanho do rebanho. “Queremos os números corretos”.

Showtec – O evento também marcou o lançamento da feira agropecuária Showtec, que será realizada de 1 a 3 de fevereiro, das 7h30 às 18h, em Maracaju.

O evento agropecuário terá como tema “Gestão na Agropecuária. Fator Decisivo para o Sucesso”. Serão 15 hectares com demonstração de tecnologia e um grande espaço com mostra de tecnologia familiar.

Será uma oportunidade, entre outras coisas, dos produtores conhecerem o sistema de integração lavoura-pecuária adotado em Maracaju, onde de 7 a 8 cabeças por hectare.