Menu
Busca domingo, 19 de setembro de 2021
Busca
(67) 3345-4200
Campo Grande
38ºmax
25ºmin
Notícias

FPA reúne entidades do setor agropecuário para acordo de cooperação com IBGE

01 novembro 2017 - 00h00Por FPA

A Frente Parlamentar da Agropecuária (FPA) reuniu, nesta terça-feira (31), representantes de 43 entidades do setor agropecuário para fechar acordo de cooperação com o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). O objetivo é fortalecer a divulgação do Censo Agropecuário 2017, bem como sensibilizar os produtores rurais da importância de responderem aos questionários do levantamento.

Para Roberto Olinto, presidente do IBGE, o apoio das entidades só engradece os resultados do Censo, que trará um recorte inédito sobre o setor rural no País. “Aproximar quem pode mobilizar os principais personagens, quem vive e trabalha no campo, é crucial para o bom desempenho do Censo, para que o IBGE seja bem recebido e que a informação seja dada de forma completa”, afirmou Olinto.

O presidente da FPA, deputado federal Nilson Leitão (MT), comemorou a assinatura do acordo e destacou que o Censo é uma vitória para o agronegócio brasileiro. “O levantamento inédito do IBGE trará a realidade de quem vive e trabalha no campo, bem como suas necessidades, e ainda, vai mostrar um potencial ainda maior que o setor representa para os cenários social e econômico do País e do mundo. Vai desmitificar muitas impressões internacionais que foram enraizadas à nossa agricultura, ao nosso produtor rural, ao nosso meio ambiente”, ressaltou o presidente. Também esteve presente na reunião a vice-presidente da FPA, deputada federal Tereza Cristina (MS).

Censo Indígena

Para Nilson Leitão, o momento também é oportuno para trazer a necessidade premente de um Censo Indígena e o IBGE é um grande parceiro para a realização dessa iniciativa. “Já na sequência desse Censo, é imprescindível realizar também um recorte das comunidades indígenas, seus desejos, interesses, necessidades. A última pesquisa nesse sentido foi feita pela CNA em 2012. No estudo, mais de 90% dos índios entrevistados afirmaram que querem acesso à saúde, segurança e saneamento básico de qualidade e reclamaram que não têm renda sustentável vinda de sua agricultura e falta oportunidades de trabalho”.

O presidente ainda complementou ao afirmar que o debate ideológico cria uma barreira entre os produtores rurais e os índios e trava o desenvolvimento que ambos merecem ter em suas produções. ”Desenvolvimento esse que reflete diretamente nos bons resultados que a economia brasileira demonstra. Os vizinhos dos produtores rurais são os indígenas. É necessário um levantamento que traga a realidade desse povo, bem como seu retrato demográfico, econômico e social”, finalizou o presidente da FPA.

Leia Também

Decreto revoga limitação de lotação em eventos, mas mantém Regime Especial de Prevenção
Coronavírus
Decreto revoga limitação de lotação em eventos, mas mantém Regime Especial de Prevenção
Mercado Externo
Arábia Saudita retoma importação de frigoríficos de MG após embargo de 10 dias
As compras haviam sido suspensas no dia 6, após a confirmação de um caso atípico do "mal da vaca louca" no Estado
Seca no rio Paraguai segue crítica e chuvas devem ser insuficientes na primavera
Meio Ambiente
Seca no rio Paraguai segue crítica e chuvas devem ser insuficientes na primavera
Expoagro: secretário Riedel e ministro do Turismo visitam feira em Dourados
Feiras & Eventos
Expoagro: secretário Riedel e ministro do Turismo visitam feira em Dourados