Menu
Busca sexta, 25 de junho de 2021
Busca
(67) 3345-4200
Campo Grande
30ºmax
19ºmin
Notícias

Faturamento com exportação de carne bovina sobe 14% em janeiro, diz Abrafrigo

08 fevereiro 2017 - 00h00Por Abrafrigo

As exportações totais de carne bovina (in natura e processada) começaram bem o ano e cresceram 10% em volume e 14% em receita em relação a janeiro de 2016, segundo informações da SECEX/DECEX do Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior (MDIC), compilados pela Associação Brasileira de Frigoríficos (Abrafrigo). No primeiro mês do ano as vendas alcançaram 107.380 toneladas e a receita US$ 418,1 milhões.

Em 2016 elas foram de 97.342 toneladas e a receita alcançou US$ 367,1 milhões, sendo que 101 países adquiriram o produto brasileiro, 58 deles com crescimento das compras e 43 com redução nas importações.

Para 2017, a Abrafrigo prevê um crescimento moderado ao redor de 10% nas exportações brasileiras de carne bovina in natura e processada, superando a 1,5 milhão de toneladas, com a possível nova entrada de grandes clientes como Canadá, México, Taiwan, Coréia do Sul, Indonésia e Japão, muito em função da abertura das importações da carne bovina in natura pelos Estados Unidos, que costuma ser usado como referência por estes países. Espera-se, ainda, que a receita de US$ 5,5 bilhões obtida em 2016 seja superada em 2017, embora ainda bem distante do recorde de US$ 7 bilhões de 2014.

Em janeiro começou a aparecer também a tendência das exportações brasileiras para a China se concentrarem mais pela via continental, diminuindo a intermediação realizada pela cidade estado de Hong Kong, como deseja o governo daquele país. Em janeiro, Hong Kong continuou na liderança das importações da carne bovina brasileira com 22.908 toneladas, mas houve uma redução de 4,2% em relação ao mesmo mês de 2016. Pela China continental, por outro lado, as compras subiram 105%: foram de 8.880 toneladas em 2016 para 18.208 toneladas em 2017, segundo a Abrafrigo.

Depois dos chineses que responderam por 38,3% das exportações brasileiras (41.116 ton), os maiores importadores a carne bovina brasileira em janeiro foram o Irã (11.563 ton); Rússia (10.959 ton); Egito (6.409 ton); Chile (4.123 ton) e a Arábia Saudita (3.871 ton).

Leia Também

STF deve julgar ação de demarcação de terras indígenas no dia 30
Repercussão geral
STF deve julgar ação de demarcação de terras indígenas no dia 30
Fim dos Conflitos
Câmara aprova projeto que regulamenta demarcação de terras indígenas
Aprovado o mérito na Comissão de Constituição e Justiça da Câmara, o substitutivo ao PL 490/2007 aguarda análise dos destaques para seguir ao Plenário
Notícias
Cai diferença entre valor da arroba e carne no atacado
Com mercado do boi gordo em banho-maria, estabilidade nos preços da arroba é mantida
Análise
Com mercado do boi gordo em banho-maria, estabilidade nos preços da arroba é mantida