Menu
Busca sábado, 24 de julho de 2021
Busca
(67) 3345-4200
Campo Grande
33ºmax
17ºmin
Notícias

Especulações sobre importação pressionam Indicador

29 agosto 2016 - 00h00Por Cepea

O ritmo de queda dos preços do milho, que havia diminuído na última semana na maioria das regiões pesquisadas pelo Cepea, voltou a se intensificar na sexta-feira, 26. Especulações sobre a possível aprovação de parecer da Comissão Técnica Nacional de Biossegurança (CTNBio), a ser divulgado no próximo dia 1º, ajudaram a pressionar as cotações do cereal. Se aprovado, brasileiros poderão adquirir, isentos de tarifa de importação, até um milhão de toneladas de milho norte-americano, o mais competitivo do mundo.

Nesse cenário, produtores, que estavam resistentes em negociar o milho a valores menores, cederam nos preços pedidos. Assim, de 19 a 26 de agosto, o Indicador ESALQ/BM&FBovespa (Campinas – SP) recuou 2,06%, a R$ 43,71/saca de 60 kg na sexta-feira. Na parcial de agosto, o Indicador acumula baixa de 9,3%. Do lado da demanda, segundo pesquisadores do Cepea, grandes consumidores se mostram estocados e, com isso, adquirem lotes apenas quando há maior necessidade.