Menu
Busca quarta, 21 de outubro de 2020
Busca
(67) 3345-4200
Campo Grande
29ºmax
21ºmin
Notícias

CNA propõe "plano de combate às invasões"

26 abril 2010 - 00h00Por Estadão.

A Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil (CNA) divulgou nota estimando que o setor poderá perder R$ 187 milhões do faturamento bruto por causa das ocupações de terra ocorridas neste mês, durante a Jornada de Lutas pela Reforma Agrária, liderada pelo Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra (MST).

As ocupações fizeram a confederação, que reúne empresários do agronegócio, a instalar um gabinete de crise para monitorar as ocupações e propor a criação do Plano Nacional de Combate às Invasões de Terras. A CNA reconhece que no meio rural estão os brasileiros mais pobres e desamparados que "dificilmente têm acesso a postos de saúde, vacinação para os filhos, escolas com avaliação do Ministério da Educação, atividades desportivas, programação de cultura ou lazer", mas diz que "essa não é a pauta dos líderes do MST".

Na última semana, durante a Jornada Nacional de Luta pela Reforma Agrária, o MST ocupou sedes do Incra em vários Estados. Segundo o Incra, 574,6 mil famílias de trabalhadores rurais foram assentados nos últimos sete anos em 3.348 assentamentos, com área total de 46,7 milhões de hectares.