Menu
Busca domingo, 19 de setembro de 2021
Busca
(67) 3345-4200
Campo Grande
38ºmax
25ºmin
Notícias

Carne bovina estável no atacado e margens melhores

14 junho 2017 - 00h00Por Scot Consultoria

Os preços da carne bovina caíram no atacado entre o final de maio e começo de junho, mas ficaram estáveis nos primeiros dias de junho.

O pagamento de salário chegou, mas mesmo assim, nas duas primeiras semanas do mês, os preços da carne sem osso não deram sinal de alta.

Para as indústrias, porém, não houve o impacto nos seus resultados, pelo contrário. A arroba do boi caiu 1,2% na última semana e elevou em quase dois pontos percentuais a diferença entre a receita e o preço pago pela matéria-prima.

A conclusão deste cenário, especialmente quando “nesta conta” incluímos a queda de preços no varejo e a comparação das cotações no atacado em relação ao que se via há um mês, é que o consumo piorou.

Historicamente, os preços em junho começam a melhorar e as médias mensais crescem até atingir o pico em novembro e dezembro.

O Índice de Intenção de Consumo das Famílias da Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (CNC), que vinha em recuperação em 2017, voltou a cair e vem recuando desde abril.

A queda no consumo certamente limitará altas de preços da arroba.

Leia Também

Decreto revoga limitação de lotação em eventos, mas mantém Regime Especial de Prevenção
Coronavírus
Decreto revoga limitação de lotação em eventos, mas mantém Regime Especial de Prevenção
Mercado Externo
Arábia Saudita retoma importação de frigoríficos de MG após embargo de 10 dias
As compras haviam sido suspensas no dia 6, após a confirmação de um caso atípico do "mal da vaca louca" no Estado
Seca no rio Paraguai segue crítica e chuvas devem ser insuficientes na primavera
Meio Ambiente
Seca no rio Paraguai segue crítica e chuvas devem ser insuficientes na primavera
Expoagro: secretário Riedel e ministro do Turismo visitam feira em Dourados
Feiras & Eventos
Expoagro: secretário Riedel e ministro do Turismo visitam feira em Dourados