Menu
Busca quarta, 21 de fevereiro de 2024
Busca
(67) 3345-4200
Campo Grande
Previsão do tempo
22º
Acrissul apresenta Expogrande
PECUÁRIA

BRS Sarandi, nova cultivar de capim-andropogon, é apresentada na Dinapec

Pesquisadores da Embrapa Cerrados desenvolveram uma nova cultivar com características melhoradas

14 março 2023 - 08h55Por Embrapa

O Andropogon já é um velho conhecido dos pecuaristas brasileiros. Com boa adaptação às áreas com solos com baixa fertilidade e longos períodos de seca, o capim é excelente opção para o Cerrado brasileiro.

Contando com essas vantagens da espécie, pesquisadores da Embrapa Cerrados desenvolveram uma nova cultivar com características melhoradas. A BRS Sarandi será apresentada na Dinapec 23.

“Quarenta anos depois do lançamento da primeira cultivar de Andropogon da Embrapa, a BRS Planaltina, nós estamos colocando no mercado a BRS Sarandi. Ela apresenta melhorias em relação à cultivar mais antiga, com plantas mais uniformes e maior quantidade de folhas, o que facilita o manejo do produtor e permite um bom ganho de peso dos animais”, explica Marcelo Ayres, pesquisador responsável pela tecnologia.

A cultivar se destaca por sua rápida rebrota e ótima qualidade nutricional e boa palatabilidade, garantindo alimento para os animais logo com as primeiras chuvas, enquanto as outras forrageiras ainda estão se desenvolvendo.

“Em experimentos realizados na Embrapa Cerrados [Planaltina – DF], o ganho de peso de animais de recria da raça Nelore ganharam cerca de 850 gramas por cabeça por dia, um ganho por área de 17 arrobas de carcaça por hectare, o que é um excelente resultado para a região”, afirma o pesquisador da Embrapa Cerrados, Gustavo Braga.

Entre seus diferenciais, destacam-se: maior produtividade e proporção de folhas, maior ganho de peso por animal e por área, rápida rebrota, qualidade da forragem, maior perfilhamento, plantas mais uniformes, resistência a cigarrinhas e nematoide.

A cultivar é recomendada, preferencialmente, para sistemas de cria e recria de pecuária de corte. Pode ser usada como pastagem pura ou consorciadas com leguminosas.

Também é bem aceita por ovinos, caprinos e equinos. Sua área de cultivo inclui o oeste da Bahia, o sul do Piauí, o sul do Maranhão, norte de Goiás e os estados de Tocantins, Mato Grosso e Mato Grosso do Sul.

Os visitantes da Dinapec 23 poderão conhecer a BRS Sarandi em campo e ver de perto as características da nova cultivar da Embrapa, além de conversar com os pesquisadores envolvidos no desenvolvimento da tecnologia.