Menu
Busca terça, 27 de outubro de 2020
Busca
(67) 3345-4200
Campo Grande
28ºmax
22ºmin
Notícias

Bovinocultura reage em Mato Grosso

29 junho 2010 - 00h00Por Diário de Cuiabá.

Na semana passada o Imea teve acesso aos dados do Indea sobre os abates em maio. No último mês foram abatidas 391 mil cabeças em Mato Grosso, apresentando aumento de 4% em relação a abril.

Por mais um mês o acréscimo observado no abate de machos (5%) foi o maior responsável por este incremento, uma vez que 35% do volume total corresponderam ao abate de fêmeas. Com isso, a participação anual das fêmeas foi para 37% mantendo-se no mesmo ritmo visto em 2008 (38%) e 2009 (36%).

Este ritmo lento da participação das fêmeas no abate total do Estado pode ser explicado pelo bom momento do mercado de reposição. No acumulado do ano os abates totais chegaram à marca de 1,88 milhões de cabeças, obtendo incremento de 13% em relação ao mesmo período em 2009 e 2% quando comparado com 2008. Neste sentido, o crescimento do abate anual o aquecimento do mercado de reposição e a evolução das exportações são fatores que demonstram a recuperação do setor no ano. O mês de maio registrou o segundo maior volume de abate do ano, ficando atrás apenas do mês de março por 665 cabeças. Todos os volumes de abates mensais deste ano superaram o registrado em iguais meses de 2009.