Menu
Busca quinta, 16 de setembro de 2021
Busca
(67) 3345-4200
Campo Grande
32ºmax
21ºmin
Notícias

Acrissul reafirma posição contra contribuição sindical

09 maio 2018 - 17h23Por Da Assessoria
Acrissul reafirma posição contra contribuição sindical

O presidente da Acrissul (Associação dos Criadores de Mato Grosso do Sul), Jonatan Pereira Barbosa, numa análise feita hoje sobre a cobrança da contribuição sindical rural, voltou a afirmar que a entidade nunca foi contra a sindicalização da área da produção rural. Entretanto, o presidente da associação entende que o produtor não pode ser obrigado a pagar contribuição sindical. E que, mesmo hoje sendo facultativa em função da obrigatoriedade ter sido definitivamente derrubada pela reforma trabalhista, o ruralista acha que ninguém deve pagar e que o sistema sindical deve buscar outras alternativas de renda para manter suas atividades.

Todavia, a Acrissul tem deixado o produtor rural livre para pagar ou não, mas o presidente da entidade reafirma que pessoalmente acha que a contribuição não deve ser paga.

Para Jonatan Barbosa, a CNA (Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil), entidade maior do sistema sindical rural, não tem um retrospecto positivo em relação a defender realmente o produtor rural. "Tome-se como exemplo mais recente o fato de que foi graças à CNA que o Supemo Tribunal Federal foi convencido a mudar seu entendimento e declarar constitucional a cobrança do Funrural".

Vários produtores têm se manifestado contra a cobrança da contribuição sindical rural, em vista de que a CNA vem distribuindo boletos para vencimento no dia 22 de maio para pessoa jurídica, no intuito de angariar fundos voluntariamente.