Menu
Busca quarta, 12 de agosto de 2020
Busca
(67) 99826-0686
Campo Grande
33ºmax
20ºmin
Notícias

Acrissul promove “batismo” do deputado federal eleito Fábio Trad no agronegócio

22 novembro 2010 - 19h01Por Via Livre - Assessoria de Comunicação/Acrissul

A Acrissul (Associação dos Criadores de Mato Grosso do Sul) promoveu na tarde de hoje um encontro entre membros da diretoria da entidade e o deputado federal eleito Fábio Trad, para manifestar sua preocupação com o fato de que há questões urgentes envolvendo o agronegócio brasileiro, pendentes de soluções, e que o Congresso Nacional desviou-se de sua principal função – a legislativa – para atuar mais como um suporte administrativo para o poder Executivo. No que Francisco Maia, presidente da Acrissul, chama de “apagão legislativo”.

Para Maia, é preciso valorizar os parlamentares detentores de notável saber jurídico. “E o Mato Grosso do Sul, cuja economia é baseada fundamentalmente no agronegócio, precisa de representantes qualificados para elevar o debate dos assuntos do setor e legislar a favor da produção rural”. Entre esses assuntos, Maia cita a votação do novo Código Florestal, além de medidas como desoneração fiscal do setor com uma consequente reforma tributária, além de criação de programas de logística de transporte e estocagem de grãos, gargalos da agropecuária.

Para o deputado federal eleito, Fábio Trad, advogado e ex-presidente da OAB-MS, o assunto é polêmico, principalmente diante da oposição criada pela entrada dos ambientalistas na discussão, “mas a avaliação que fazemos é que o relatório do deputado Aldo Rabelo foi muito bem fundamentado, acho que atende a demanda de todos os setores envolvidos, acreditamos que nesse ano não será mais submetido à apreciação devida, mas que no ano que vem a nova Câmara Federal e Senado não terão dificuldades em concluir o processo de votação”, analisou.

Durante a visita de Fábio Trad, o deputado federal eleito participou de uma singela cerimônia, onde a fotografia de Laucídio Coelho Neto foi colocada na galeria de presidentes da Acrissul. Em sua última gestão, Laucídio presidiu a Acrissul por dez anos.

Durante a visita de Trad, que contou ainda com a presença dos diretores da Acrissul, Jonathan Barbosa, Luiz Vieira e Antônio Salgueiro, o presidente Chico Maia falou ainda da boa saúde financeira por qual passa a Acrissul, e do projeto da entidade de transformar o Parque de Exposições Laucídio Coelho num “shopping rural”. Atualmente, por conta da presença da Iagro e Agência Fazendária no parque, o movimento de produtores rurais chega a 350/dia, o que cacifa o local para abrigar empresas, instituições e outros órgãos públicos.

Trad se comprometeu ainda a criar uma ponte para que seja iniciado um debate para que a Prefeitura de Campo Grande possa instalar órgãos ligados diretamente o agronegócio dentro do Parque de Exposições. O vice-presidente da Acrissul, Jonathan Pereira Barbosa, ressaltou o fato de que a cidade é conhecida e reconhecida como “Capital Nacional da Pecuária”, mas no entanto ainda falta um entrosamento melhor com os poderes públicos para que o Parque de Exposições, a expressão máxima desta condição, seja melhor aproveitado e mais integrado à vida cotidiana do campo-grandense e das autoridades. “Se for preciso, abrimos mão até mesmo do prédio da sede da Acrissul para abrir mais espaço para isso”, finalizou Maia.
 

Clique aqui e veja mais imagens do "batizado".