Menu
Busca quarta, 22 de maio de 2024
Busca
(67) 3345-4200
Campo Grande
Previsão do tempo
27º
Trimestral

Abate de bovinos e suínos cresce enquanto o de frangos cai no 4º trimestre de 2023

Resultado no setor de bovinos representa variação positiva de 19,9% em comparação com o 4º trimestre de 2022

13 maio 2024 - 14h30Por IBGE
Abate de bovinos e suínos cresce enquanto o de frangos cai no 4º trimestre de 2023

Os primeiros resultados da produção animal no 4º trimestre de 2023 apontam que, ante o mesmo período de 2022, o abate de bovinos aumentou 19,9%, o de suínos subiu 0,8% e o de frangos recuou 2,3%. Na comparação com o 3º trimestre de 2023, o abate de bovinos aumentou 1,3% enquanto o de suínos diminuiu 3,5% e o de frangos caiu 3,2%.

A aquisição de leite foi de 6,43 bilhões de litros, com aumento de 1,8% ante o 4º trimestre de 2022 e incremento de 3,2% frente ao trimestre imediatamente anterior.
Já aquisição de peças de couro pelos curtumes subiu 17,5% frente ao 4º trimestre de 2022 e aumentou 3,6% em relação ao trimestre imediatamente anterior, somando 9,15 milhões de peças inteiras de couro cru.

Foram produzidas 1,05 bilhão de dúzias de ovos de galinha no 4º trimestre de 2023, estabilidade em relação ao mesmo período do ano passado e queda de 1,0% frente ao 3º trimestre de 2023.

Abate de bovinos sobe 19,9% no ano e 1,3% frente ao trimestre anterior
No 4º trimestre de 2023, foram abatidas 9,05 milhões de cabeças de bovinos sob algum tipo de serviço de inspeção sanitária. Essa quantidade representou uma variação positiva de 19,9% em comparação com o 4º trimestre de 2022 e aumento de 1,3% em relação ao 3º trimestre de 2023.

A produção de 2,41 milhões de toneladas de carcaças bovinas no 4º trimestre de 2023 consistiu em incrementos de 18,0% em relação ao mesmo trimestre do ano anterior e de 1,1% em relação ao apurado no 3º trimestre de 2023.

Abate de suínos cresce 0,8% na comparação anual e retrai 3,5% no trimestre
O abate de suínos somou 14,11 milhões de cabeças no 4° trimestre de 2023, representando um aumento de 0,8% em relação ao mesmo trimestre do ano anterior e queda de 3,5% em comparação ao 3° trimestre de 2023.

O peso acumulado das carcaças registrou 1,30 milhão de toneladas no 4º trimestre de 2023, aumento de 1,5% em relação ao 4º trimestre de 2022 e redução de 5,6% em comparação com o trimestre imediatamente anterior.

Abate de frangos recua 2,3% na comparação anual e 3,2% na trimestral
No 4º trimestre de 2023, foram abatidas 1,53 bilhão de cabeças de frango. Esse resultado significou reduções de 2,3% em relação ao trimestre equivalente do ano anterior e de 3,2% na comparação com o 3º trimestre de 2023.

O peso acumulado das carcaças foi de 3,19 milhões de toneladas no 4º trimestre de 2023. Esse total significou decréscimos de 4,1% em relação ao 4º trimestre de 2022 e de 3,8% frente ao trimestre imediatamente anterior.

Aquisição de leite sobe 1,8% no ano e 3,2% no trimestre
A aquisição de leite cru feita pelos estabelecimentos que atuam sob algum tipo de inspeção sanitária (federal, estadual ou municipal) no 4º trimestre de 2023, foi de 6,43 bilhões de litros. O valor correspondeu a um aumento de 1,8% em comparação ao volume registrado no 4º trimestre de 2022 e incremento de 3,2% em comparação ao obtido no trimestre imediatamente anterior.

Aquisição de couro tem aumento de 17,5% no ano e de 3,6% no trimestre
Os curtumes investigados pela Pesquisa Trimestral do Couro – aqueles que efetuam curtimento de pelo menos 5.000 unidades inteiras de couro cru bovino por ano – declararam ter recebido 9,15 milhões de peças inteiras de couro cru bovino no 4º trimestre de 2023. Essa quantidade representa um acréscimo de 17,5% em comparação à registrada no 4º trimestre de 2022 e aumento de 3,6% em relação ao trimestre imediatamente anterior.

Produção de ovos fica estável no ano e cai 1,0% no trimestre
A produção de ovos de galinha foi de 1,05 bilhão de dúzias no 4º trimestre de 2023. O resultado representou estabilidade em relação ao mesmo período do ano anterior e queda de 1,0% em comparação ao 3º trimestre de 2023.