Menu
Busca domingo, 25 de outubro de 2020
Busca
(67) 3345-4200
Campo Grande
32ºmax
21ºmin
Expogrande

Shows da Expogrande estão garantidos, reafirma Acrissul

25 março 2010 - 00h00
Shows da Expogrande estão garantidos, reafirma Acrissul

A Acrissul (Associação dos Criadores de Mato Grosso do Sul) reafirmou hoje que está garantida a realização dos shows da 72ª Expogrande, exposição sediada no Parque de Exposições Laucídio Coelho. A agenda da Expogrande prevê shows de Djavu e DJ Juninho Portugal (nesta quinta-feira), com ingresso a R$ 10,00; Luan Santana (sexta-feira), ingresso a R$ 16,00; Bruno e Marrone (sábado), ingresso custando R$ 16,00; e Marcos e Belutti (domingo), encerramento, com ingressos a R$ 10,00. Estudante paga meia entrada.
 
O Ministério Público Federal tentou, através de ação judicial, impedir a cobrança do ingresso, alegando que tratava-se de evento patrocinado por recursos públicos, mas a Justiça Federal negou liminar e manteve a cobrança. A Justiça reconheceu que apesar de haver verbas federais no patrocínio da Expogrande, os valores não são suficientes para cobrir todas as despesas do evento.
 
A liminar que manteve a cobrança do ingresso deixa bem claro também que sem a cobrança do ingresso não seria possível a realização dos shows. E que a proibição da cobrança poderia expor o Parque de Exposições a riscos pela insegurança pública a que estaria submetido, uma vez que não haveria estrutura suficiente para suportar o excesso de público.
 
Além disso, diz a liminar que "sob o pretexto de se garantir o acesso à cultura, não há como determinar que os organizadores abram os portões da Exposição, porquanto eles não têm o dever legal de propiciar divertimento totalmente gratuito à população".
 
Nessa época, reconhece o juiz federal Pedro Pereira dos Santos, a Expogrande é uma das únicas opções de cultura de Campo Grande e uma liminar contra a cobrança do ingresso poderia inviabilizar totalmente o evento.