Menu
Busca segunda, 28 de setembro de 2020
Busca
(67) 3345-4200
Campo Grande
34ºmax
24ºmin
Expogrande

Palavra do Presidente: "O desafio de promover uma Expogrande histórica"

07 abril 2011 - 14h17Por Eraldo Filho

Francisco Maia - Presidente da Acrissul

Estamos às vésperas de iniciar mais uma edição da Expogrande e a cada dia temos a certeza de ter vencido um novo desafio – de fazer a melhor exposição agropecuária de todos os tempos. A Expogrande á uma feira histórica. O Parque de Exposições Laucídio Coelho está localizado em plena área central de Campo Grande, a Capital, que por sua vez está encravada em pleno coração do Estado. É a Meca do agronegócio regional.


Rebocado pelo fato de que a economia sul-mato-grossense é fundamentada na agropecuária, para a Expogrande convergem todas as culturas – principalmente aquelas inspiradas nas raízes do campo. A Expogrande é, antes de tudo, uma feira da cidade – ou das cidades. Das mesmas que respiram e sobrevivem daquilo que o campo produz, de uma forma ou de outra. Talvez isso explique a indignação geral quando a Justiça suspendeu a realização dos shows no Parque, um assunto agora superado graças ao bom senso de todos.


Seguramente, ao longo destas 72 edições da Expogrande, o Mato Grosso do Sul, além de receber grandes nomes da música popular brasileira (como Roberto Carlos, Wanderléia e Raul Seixas), na última década transformou-se no caldeirão efervescente de onde brotaram as atuais estrelas da música sertaneja nacional, como Luan Santana, Amannda, João Bosco e Vinicius, Michel Teló, entre tantos outros que despontam e também vão despontar devido ao fértil conjunto de talentos que o Estado dispõe.


Trabalhamos incansavelmente para transformar o parque na sala de estar dos produtores rurais e de todos os 400 mil visitantes que esperamos passar pelas nossas portas esse ano. O Parque está revitalizado. Os pavilhões foram todos reformados e uma nova e grande praça está sendo concluída para que seja um cartão postal do local, com uma fileira de figueiras centenárias, muito bem preservadas, como pano de fundo.


Estamos reorganizando a agenda de julgamentos e trazendo raças que haviam ficado de fora das últimas feiras. Estamos tendo a grata satisfação de contar com a participação, por exemplo, dos criadores de cavalos da raça crioula, que terá agenda de julgamentos, provas e leilão neste ano. E com todos os animais inscritos de criatórios do próprio Mato Grosso Sul. A programação de palestras inclui assuntos de interesse de todas as cadeias produtivas.


A Expogrande será palco da 1ª MS Expogenética, uma iniciativa que envolveu todos os agentes do setor de genética do Estado, dispostos a além de mostrar a qualidade e a evolução do gado sul-mato-grossense, também irão transmitir suas experiências e conhecimentos auferidos ao longo de uma vida de trabalho dedicada ao melhoramento.


A receptividade do novo design da Expogrande foi excelente e contamos neste ano com expositores de peso. O parque estará todo tomado e, apesar dos prejuízos com os excessos de chuvas, o produtor rural está confiante, o mercado está remunerando bem pelas commodities, o estoque de gado para os leilões está garantido e esperamos comercializar mais de 30 mil cabeças de animais, de corte e de elite.


A gestão das reformas no parque vai cumprir rigorosamente em dia as novas mudanças, e aproveitamos aqui para agradecer o apoio institucional das entidades, dos patrocinadores, do Poder Público, dos expositores e de todos aqueles que abraçaram a causa do agronegócio e atuaram para fazer desta a melhor Expogrande de todos os tempos.

Boas festas.