Menu
Busca terça, 11 de agosto de 2020
Busca
(67) 99826-0686
Campo Grande
33ºmax
20ºmin
Expogrande

Indicados para corte, Nelores Mocho são julgados na Expogrande 2010

23 março 2010 - 15h55Por Carlos Henrique Braga/Via Livre Comunicação

A matriz Fábula da Goya — três vezes eleita Grande Campeã em feiras agropecuárias — é uma das atrações do julgamento de Nelore Mocho, que começou na manhã de hoje (23), na Expogrande 2010. A rês, que foi parcialmente vendida (50%) por R$ 560 mil, não está em julgamento, é apenas modelo da raça que atrai admiradores. Porém, seus descendentes estão no páreo. No total, 75 animais serão avaliados quanto ao fenótipo e beleza racial. “É uma raça tipicamente frigorífica que tem muita liquidez na formação do plantel de corte”, explica o presidente da Associaçao dos Criadores de Nelore Mocho (ACNM) e dono de Fábula, João da Goya.

As fazendas Dacar e Pingado, de São Paulo, entre outras, também concorrem. Luiz Antonio Porto, da Pingado, participa pela primeira vez de julgamento na Expogrande, mas já fez bons negócios em leilões da feira nos últimos anos. “É a vitrine do que você faz, e tem como comparar com os demais, por isso a feira é um bom ponto de referência”.

O pecuarista trouxe 12 animais à feira, todos batizados com nomes de carros, como Azera, uma das suas favoritas. “Estou esperançoso, apostei minhas fichas em três fêmeas, vamos ver...”. De acordo com pesquisa feita pelo produtor rural, 60% dos animais da raça Nelore em MS são da linhagem Mocho, o que torna o mercado local tentador. “Daqui para frente, o mocho só tem a crescer. Até planejo comprar uma fazenda em Paranaíba, gosto muito desse Estado”, afirma.

O julgamento deve ser finalizado até o fim desta tarde, na Pista Central do Parque de Exposições Laucídio Coelho, em Campo Grande.