Menu
Busca quinta, 24 de junho de 2021
Busca
(67) 3345-4200
Campo Grande
31ºmax
19ºmin
Expogrande

Agraer apresenta palestra sobre piscicultura durante a 79ª Expogrande

08 abril 2017 - 18h32Por Karla Silva
Agraer apresenta palestra sobre piscicultura durante a 79ª Expogrande

Na manhã deste sábado (08), no Auditório da Acrissul, a Agência de Desenvolvimento Agrário e Extensão Rural (Agraer) em parceria com o Grupo Acorci Piscicultura, apresentou uma palestra sobre os métodos para aumentar a eficiência e lucratividade da atividade.

A piscicultura caracteriza-se pela criação de peixes de todas as espécies, plantas e moluscos aquáticos. A piscicultura vem ganhando espaço nas últimas décadas, de acordo com dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) de 2014, Mato Grosso do Sul, ocupa a 19ª posição no ranking de produção. Segundo Luiz Acorci Filho, Engenheiro Agrônomo e palestrante, em 2013 o estado possuía cerca de 800 produtores. Os grandes criadores estão distribuídos nos municípios de Sidrolândia, Dois Irmãos do Buriti e Dourados, e os pequenos, que geralmente são agricultores familiares, pulverizam-se em todo o estado, produzindo de dois a três mil quilos de peixes. Dentre as vantagens de produção, por não necessitar de espaços muito grandes, em 1.000m² é possível produzir 1 tonelada de peixes, a atividade vem se desenvolvendo com rentabilidade e sustentabilidade.


As espécies cultivadas variam de acordo com cada região do Brasil. Na região norte, predominam criações de tambaqui e o pirarucu. No centro-oeste, o pacu,  pintado e a tilápia. Na região sul, a carpa e a tilápia, e no nordeste e sudeste a tilápia. Segundo dados do IBGE, em 2015, a criação de tilápia representou 45,4% do total da despesca nacional, “Em tanque rede se produz quase 400 mil toneladas de tilápia”, informa Luiz Acorci.


Existem vários tipos de piscicultura: tanque escavado, de tecrede e aquaponia, que são tanques de lona, onde a água é recirculada, “Muitos agricultores familiares utilizam essa água para irrigar a horta, onde á agua é filtrada, e retorna para os peixes”, conclui Luiz. No Mato Grosso do Sul, segundo Luiz Acorci, a piscicultura predominante é a de tanque escavado.


O estado ainda enfrenta muitos desafios para crescer na atividade, falta de normatização para a atividade, mão-de-obra, assistência técnica, e estutura em cooperativa, mas para Luiz Acorci a piscicultura tem muito a crescer, “A piscicultura, por ter tantos desafios, é ótimo. Se já conseguimos ter eficiência e lucratividade, imagina daqui há alguns anos? Precisamos encarar os problemas como oportunidade”, conclui.


79ª Expogrande


A Expogrande acontece até amanhã (09) no Parque de Exposições Laucídio Coelho, em Campo Grande (MS), e conta com extensa agenda de leilões, competições e palestras técnicas, além de shows, gastronomia variada, e oportunidades facilitadas de negócios.


Sábado, a entrada é gratuita até as 16h. A partir das 18h é cobrado o valor do ingresso. Domingo, último dia de feira agropecuária, o visitante não paga para entrar durante todo o dia.


Mais informações pelo telefone (67) 3345-4200.

Leia Também

STF deve julgar ação de demarcação de terras indígenas no dia 30
Repercussão geral
STF deve julgar ação de demarcação de terras indígenas no dia 30
Fim dos Conflitos
Câmara aprova projeto que regulamenta demarcação de terras indígenas
Aprovado o mérito na Comissão de Constituição e Justiça da Câmara, o substitutivo ao PL 490/2007 aguarda análise dos destaques para seguir ao Plenário
Notícias
Cai diferença entre valor da arroba e carne no atacado
Com mercado do boi gordo em banho-maria, estabilidade nos preços da arroba é mantida
Análise
Com mercado do boi gordo em banho-maria, estabilidade nos preços da arroba é mantida